A Hora de Partit

Meditação do dia 18/01/2019 

Disse também Abimeleque a Isaque: Aparta-te de nós; porque muito mais poderoso te tens feito do que nós. Então Isaque partiu dali e fez o seu acampamento no vale de Gerar, e habitou lá.”  (Gn 26.16,17)

 A hora de partir – Na descrição do Evangelho de João sobre a pessoa nascida de novo, há um registro interessante, que a tal qual o vento que vem e vai sem deixar sinais visíveis de sua direção, assim é o renascido. O filho de Deus é dirigido pelo Espírito de Deus, conforme o ensinamento paulino de Romanos. Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus (Rm 8.14). também nas cartas do Apocalipse, Jesus deixa claro que é Deus quem abre e fecha portas, não os homens, governos, instituições ou mesmo o diabo. Afinal, nossas vidas e ministérios estão nas mãos de Deus, o Todo Poderoso. Quando se cumpre o tempo e ou os propósitos do Senhor para conosco, ele tem os meios de fazer conhecida a sua vontade. Acredito que não devemos brigar por ficar ou sair, já que é obrigação do senhor suprir e cuidar dos seus servos em suas tarefas, bem como é obrigação do servo confiar na capacidade do seu senhor para suprir suas necessidades. Sabemos o quanto o Senhor é fiel, poderoso e generoso para com aqueles que lhe servem e especialmente se forem fiéis. Isaque morava numa terra que ia entrar em crise e o Senhor falou para ele ficar ali, ele ficou e prosperou muito. Os inimigos apareceram e começaram a pirraçar e notamos que Isaque não processou ninguém por calúnia e difamação e muito menos atentarem contra a sua honra. Ele ficou na dele e aguardando instruções de quem cuidava dele. Preste atenção: Ele recebeu uma visita, do rei do pedaço e não foi uma visita de cortesia; ele chegou com o ministro das relações exteriores, pediu o passaporte de Isaque e carimbou “Persona non Grata,” e lhe disse que estava sendo convidado a se retirar, pois “não queremos você perto de nós, pois é mais poderoso do que nós.” Quero me dirigir agora aos crentes cheios do poder e das revelações de barriga cheia – duas coisas que Isaque tinha de considerar: 1. Quem falou com ele foi um inimigo; 2. Mandou ele ir embora da terra que era herança dele. Isso tudo não é obra do que ronca e fuça? E daí? Deus ainda estava no trono e ainda era soberano para cumprir sua promessa. Quando Deus está no comando, até o inimigo obedece e serve de instrumento para revelar a vontade do Senhor aos seus servos. Não servimos e não estamos aqui para dar ouvidos ao inimigo, seja ele quem for; Deus fala e orienta, não importa quem seja o portador da mensagem, desde que o discernimento seja correto. O mesmo adversário, confessou a Isaque que ele era poderoso, mais poderoso que ele que era o rei da cocada preta por ali. Mas mesmo assim Isaque não fez uso do seu poder para ameaçar, amaldiçoar, impor medo; todo poder sem controle, é um perigo; daí muita gente não receber muito poder de Deus, por pura misericórdia, para evitar autodestruição. Lembra dos aprendizes de discípulo de Jesus, que queriam usar o poder para atear fogo em aldeias de pessoas que não queriam hospedar Jesus? Lembra dos filhos do tal Ceva, em Éfeso, nos dias de Paulo, que queriam fazer uso do poder para ganhar uma grana exorcizando demônios? E há mais exemplos na Palavra de Deus. Somos peregrinos aqui, e quando chega a hora de levantar acampamento, levantamos e partimos, a bênção continuará conosco. “O Senhor guardará a tua entrada e a tua saída, desde agora e para sempre(Sl 121.8).

Obrigado, Senhor, por dar a sua direção e orientação de quando é hora de partir e quando é hora de permanecer. A tua presença conosco é o que mais nos agrada e nos dá prazer; conceda-nos a graça do discernimento para leitura correta do tempo e das estações no nosso serviço a ti. Somos e estamos consagrados a ti; onde e como e até quando, pertence ao Senhor determinar. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s