Naquele Mesmo Dia

Meditação do dia 30/01/2019 

 E aconteceu, naquele mesmo dia, que vieram os servos de Isaque, e anunciaram-lhe acerca do negócio do poço, que tinham cavado; e disseram-lhe: Temos achado água.”  (Gn 26.32)

 Naquele mesmo dia – Sou profundo admirador das verdades das Escrituras Sagradas e da forma como elas são disponibilizadas entre os fatos do cotidiano das pessoas. Verdades eternas, espalhadas como pérolas esparsas onde é tão óbvio, mas ao mesmo tempo, difícil de perceber se não for um garimpador de olhos atentos e perspicaz. Onde parece que só há cascalhos e pedras comuns, podem ser encontrados verdadeiros tesouros, que alimentam o espírito e a alma do adorador. Em Deuteronomio 28, as bênçãos e as maldições são catalogadas e fica o registro de que as “bênçãos vão atrás e perseguem” aqueles que são tementes e obedientes a Deus. “E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor teu Deus (Dt 28.2). Quando chegamos na Nova Aliança, com os ensinamentos de Jesus, ele ainda eleva o nível de espiritualidade dentro da simplicidade da fé que pode ser alcançada por qualquer pessoa; mas também tem aquelas porções que se reserva aos mais dedicados e sedentos de captarem as preciosidades nos pequenos detalhes. Naquelas parábolas, ele deixa algumas evidencias de se pode conseguir mais do que aparentemente se percebe. Particularmente, gosto do modo como ele expõe isso numa simples comparação: E ele disse-lhes: Por isso, todo o escriba instruído acerca do reino dos céus é semelhante a um pai de família, que tira do seu tesouro coisas novas e velhas (Mt 13.52). Escriba instruído no Reino dos Céus… isso é uma motivação para o crescimento. Bem, falando de Isaque, após ele agir com generosidade com quem não merecia e se propor a agir como pacificador e assim abençoando a quem até então só procurara o seu mal, naquele mesmo dia – o favor do Senhor se manifestou a ele em forma de boas notícias, sobre a perfuração bem sucedida de um novo poço. Pode parecer algo inteiramente comum e sem nada de extraordinário e muito menos espiritual; mas para ele e seus servos, era uma grande notícia e uma forma de alívio e sustentação da vida e de prosperidade no trabalho. Deus não tardou em revelar seu cuidado, mesmo num lugar desértico e difícil. Para nós, fica a lição de confiar que nosso amparo e proteção e e nossa fonte de satisfação é Deus e não nossos esforços ou recursos naturais e humanos. Agir de forma certa e coerente sempre será recompensado.

Obrigado, Pai, pela maneira tão natural de extrair o sobrenatural e prover para os seus filhos mesmo onde aparentemente não há fontes. Graças, porque a razão da nossa confiança é a verdade da tua Palavra e nele nós temos esperança e não seremos envergonhados diante dos adversários. Em Cristo há fontes inesgotáveis de recursos para aqueles que nele confiam. Podemos ser gentis e generosos por não haverá de faltar bem nenhuma aos teus filhos. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s