Levanta e Vai

Meditação do dia 20/02/2019 

 Levanta-te, vai a Padã-Arã, à casa de Betuel, pai de tua mãe, e toma de lá uma mulher das filhas de Labão, irmão de tua mãe;”  (Gn 28.2)

 Levanta e Vai – Para efeito de nos imergirmos nas idéias da história, precisamos exercitar a nossa criatividade e tentar ver esses fatos à luz da cabeça de Isaque e Jacó. Para o pai, ele estava enviando o filho para um lugar desconhecido, que nem mesmo ele havia estado lá. Contrapondo as duas experiências, na vez de Isaque, seu pai Abraão, enviou Eliézer para buscar uma moça daquela linhagem e de nenhuma forma deveria levar Isaque lá. Agora, na vez de Jacó, não havia um mordomo confiável e capaz da refazer o mesmo trajeto; então Isaque se viu numa condição difícil, incômoda, mas que exigia medidas necessárias e isso incluía enviar o filho para o exterior com uma finalidade específica em mente. Se casar e estabelecer-se por lá e num futuro incerto, poderia voltar; evitando também uma tragédia familiar provocada pela ira desmedida de Esaú. Hoje, com um mundo globalizado, onde de certa forma, as fronteiras quase não existem, ficaria mais simples pensar em realizar um projeto como esse. Por outro lado, as conveniências atuais agiria bastante contra ter planos singelos e básicos como aqueles de Isaque e Jacó. Do que estou falando? Embora Jacó fosse herdeiro de uma imensa riqueza que, apenas com uma pequena fração dela, poderia começar sua própria vida em qualquer lugar; mas era toda de bens não líquidos, ou seja, ele não dispunha de meios imediatos de capital. Ele não poderia vender e fazer uma transferência bancária, pois isso ainda não existia; ele não poderia levar o dinheiro em espécie, além de pesar muito, seria alvo fácil de roubo e violência; também ele não poderia levar qualquer bem que pudesse ser revertido em capital, quando lá chegasse. Hoje, compramos passagens aéreas financiadas em longo prazo, transferimos qualquer quantidade financeira em tempo real, ou se pode levar em ordens de pagamentos ou mesmo utilizar cartões que podem ser pagos em qualquer local do planeta, sem contar na comunicação em tempo real. Jacó não tinha nada disso. Nem mesmo há indícios de que ele fora acompanhado de algum servo ou funcionário de confiança, para servir de companhia e segurança. Parece que ele simplesmente pegou provisões mínimas de água e comida e saiu estrada à fora. Para mim, e creio que para muitos de nós, estamos olhando para um jovem com uma tarefa enorme, e dependeria somente de suas habilidades e um pouco de favor de algum parente hospitaleiro que o acolhesse. Mas a ordem de Isaque era: “Levanta-te e vai…” Isso atesta que Jacó estava pronto para encarar o desafio e seu pai confirmou sua identidade e destino, incentivando o a agir. Levantar e ir parece-me uma tomada de decisão importante. Ficar sentado esperando as bênçãos, ficar esperando a vida agir enquanto se assiste passivo, não é atitude de quem está disposto a fazer acontecer sua história. A pergunta do dia é: Estamos prontos para deixar tudo e sair sem lenço e sem documentos e vencer lá fora? Estamos determinados a abrir mão do que já é assegurado, e começar do zero, longe e sozinhos? Hoje, vemos muitos exemplos de pessoas que vão para o exterior, em lugares que nunca foram, não falam o idioma e nem conhecem ninguém e mesmo assim conseguem vencer e vemos também histórias de fracassos e fim de sonhos de formas muito tristes. Jacó queria mais que um emprego, mais que uma esposa e mais que sobrevivência; ele levava no coração a semente de uma grande nação e de um reino eterno. Ele lutaria por mais do que ele mesmo. Isaque estava enviando o filho, levando o sonho e a realidade de uma aliança eterna. Levanta-te e vai, mas sem perder a visão original.

 

Senhor, obrigado pela missão da vida de cada um de todos nós, teus filhos. É um privilégio ser chamado, fazer parte e ser protagonista de uma história maior do que nós mesmos. Obrigado por nos permitir participar dos teus sonhos. Graças te damos porque muitos de nós, fomos enviados e vencemos ou estamos à caminho de completar a nossa parte da tarefa. Queremos levantar-nos constantemente, quantas vezes for preciso e ir em busca dos teus planos. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s