Com Que Lidamos

Meditação do dia: 21/10/2019

  Porém ele lhe disse: Meu senhor sabe que estes filhos são tenros, e que tenho comigo ovelhas e vacas de leite; se as afadigarem somente um dia, todo o rebanho morrerá. (Gn 33.13)

 Com Que Lidamos – Entre a partida e a chegada existe todo o trajeto. Se preferir, entre o começo e o fim, existe o meio e isso precisa ser levado em conta no momento em que se assume uma responsabilidade. Quando alguém delega uma tarefa ou missão, é importe para quem a recebe, saber qual é a expectativa final esperada, por parte de quem a delegou; caso contrário, corre-se o risco de surpresas desagradáveis para ambos os lados. Isso me faz lembrar a história do comerciante que contratou um letrista para escrever na fachada do imóvel o nome do empreendimento, que seria um açougue; após as medidas e cálculos iniciais o letrista ficou na dúvida se a palavra “açougue” se escrevera com “S, SS, Ç,” na dúvida, ele escreveu “Quitanda!” (claro que de estado para estado no Brasil isso tem variações múltiplas). Jacó disse para seu irmão Esaú, que ambos sabiam da fragilidade do que compunha a caravana, pois havia, crianças pequenas, jovens e adolescentes; havia vacas e ovelhas leiteiras, animais jovens e tenros, que não podiam ser forçados a uma jornada mais apressada. O alvo de Jacó era chegar e não “chegar rápido.” Temos visto estatísticas de acidentes rodoviários, que grande parte deles acontecem a pouca distancia do destino final dos condutores. O que ressalta o fato de que o cansaço e a fadiga não estava mais sendo levado em conta porque já se encontravam perto do destino e violaram as medidas de segurança e prevenção de acidentes. Se isso vale para o transito e vale para a condução de caravanas com animais, então isso pode ser muito bem aplicado em muitas outras áreas da vida, incluindo a vida de fé e a caminhada espiritual. Deus nos deu uma vida para viver; nela devemos desenvolver nosso potencial criativo e laborioso para o nosso sustento e para o progresso comunitário e humano ao nosso redor. Não somos ilhas e não estamos limitados em termos de influencia, pois damos e recebemos isso o tempo todo. Os cristãos tem consciência de uma chamada vocacional para serem sal e luz num mundo controverso e adverso; isso é nossa missão de vida; estamos aqui para influenciar e transformar positivamente através de nossa vida e nossas capacidades dadas por Deus. Saber o que está sob minha responsabilidade me ajuda a desenvolver e trabalhar com tudo isso. Esaú veio com quatrocentos homens montados, guerreiros ou soldados mercenários e queriam que Jacó andassem com eles. Você sabe ou conhece o seu público? Há identificação entre você e eles? Uma corrente tem a sua força medida pelo elo mais fraco, o que esse elo suportar, a corrente toda suporta. Isso deve ser aplicado para a família, a células, a classe de EBD, a congregação e o ministério todo. As pessoas são o bem mais precioso que Deus confiou a nós pastores e obreiros e eles precisam ser cuidados e entregues “são e salvos” ao Senhor da Seara. A pressa em atingir resultados pode liquidar com todo o investimento que o Senhor fez. Precisamos ser responsáveis e agir como quem de fato sabe cuidar.

Pai, oramos por sensibilidade espiritual para com as pessoas que estão sob nossos cuidados. Cada pessoa é única e especial para ti e por elas Jesus se sacrificou para salvar e libertar. Pastores e obreiros foram chamados por ti para cuidarem do rebanho, e não só pregar, mas apascentar e oferecer cura e ajuda ampla para todas as suas necessidades. Pedimos sabedoria e graça, para sermos de fato, agentes de transformação e bênçãos para todas as pessoas ao nosso alcance. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s