Edificando Altares

Meditação do dia: 03/11/2019

  E edificou ali um altar, e chamou aquele lugar El-Betel; porquanto Deus ali se lhe tinha manifestado, quando fugia da face de seu irmão. (Gn 35.7)

 Edificando Altares – São muitas as citações de pessoas edificando altares. Isso me leva a uma reflexão. Ligando os pontos naquilo que Jesus disse que a pessoa fala daquilo que o seu coração está cheio; O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca (Lc 6.45). O exercício do dom da fala, expressa o conteúdo do coração, então as ações também o são. É mais fácil falar do que fazer, por isso muitas coisas faladas acabam não se concretizando; mas as ações não dão margem para dúvidas, fez, tá feito. As Escrituras recomendam que nunca façamos promessas ou empenhemos nossas palavras sem a intenção de cumpri-las. Os educadores insistem em que os pais não façam promessas ou ameaças aos filhos desde que não tenham a intenção de cumpri-las. Quando falo ameaças, entenda-se falar de disciplina, correção. Voltando ao assunto tema – se as pessoas pudessem nos descrever por algo que praticamos com mais frequência, o que seria dito de nós? As observações deles levaria a que conclusões? Algumas observações levam ao obvio; imagine alguém mudando para sua vizinhança, na casa ao lado ou de frente. Você observa o movimento, é vê muitos apetrechos de pescaria – o que você conclui do novo vizinho? Após descarregarem tudo, eles se reúnem, fazem um círculo de mãos dadas e oram; o que você conclui? Ele estabelece contatos contigo e sua família, o que ele concluirá de primeira? O que estou dizendo, é que as ações nossas, ou das pessoas perto de nós, permitem que conclusões sejam feitas e isso certamente irá determinar ações de ambos os lados. Agora, imaginemos que estamos bem colocados, de forma invisível vendo Jacó e sua trupe chegarem a esses lugares e se estabelecerem, ainda que provisoriamente. Armam as tendas, protegem as propriedades, e enquanto estão fazendo isso, o chefe, está edificando um altar e depois todos se reúnem ali e oferecem sacrifícios e oram a um Deus, que não está representado por nenhum padrão visível; não tem imagem, quadro, estátua, totem ou qualquer representação. O que concluímos entre nossas observações. A minha observação é que esse camarada, gosta mesmo de edificar altares, onde ele chega, ele levanta um e adora a Deus ali com sua família e as pessoas da sua caravana. Esse homem é um adorador convicto, é uma das suas primeiras preocupações do dia e em qualquer lugar que esteja. Ele é devoto, comprometido com uma fé. O que será que as pessoas dizem do Jason e sua família? O que eles tem observado? O que as pessoas tem observado e concluído sobre nós, os cristãos? Nas nossas devoções, o que mais aparece? Pedidos? Gratidão? Reconhecimento? Intercessão? Adoração? E mais fundo ainda, mesmo se fazemos certinho, como manda o figurino, qual a motivação básica? Damos um, para receber dez? Quem dá aos pobres empresta a Deus? Um copo de água fria vale uma recompensa no céu; imagina uma Coca estupidamente gelada? Temos que pensar sim, na nossa motivação que nos move. É adoração ou serviço religioso?

Pai amado, ninguém conhece melhor o coração pessoas melhor do que o Espírito Santo que nelas habita; assim, nossas motivações são pesadas e testadas diante de ti, sempre que comparecemos para servir. O exemplo que temos é que Deus nos amou de tal maneira, que deu seu filho; Jesus nos amou tanto, que deu sua vida! O Senhor é digno de toda a minha e a nossa adoração. Obrigado pelos ensinos e pela misericórdia dispensada a nós os teus filhos. Reconhecemos isso em nome de Jesus. Amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s