Os Dois Filhos de Raquel

Meditação do dia: 11/12/2019

 “Então disse-nos teu servo, meu pai: Vós sabeis que minha mulher me deu dois filhos; E um ausentou-se de mim, e eu disse: Certamente foi despedaçado, e não o tenho visto até agora;” (Gn 44.27,28)

Os Dois Filhos de Raquel – “Quem tem dois, tem um e quem tem um, não tem nenhum!” Esse é um adágio popular muito utilizado no interior do Brasil, nos anos passados, especialmente aplicado à famílias e seus filhos. Os mais velhos diziam isso, sob perigo que corria a família com apenas um ou dois filhos. Naqueles tempos o índice de mortalidade infantil era grande e a chance de uma família ser dizimada tinha ser levada em conta. Tenho visto recentemente em noticiários policiais dos nossos telejornais, em locais como Rio de Janeiro e o seu festival de balas perdidas e confrontos policiais com bandidos ou não, mas sobrando para vítimas alheias aos acontecimentos e depois aparecem os pais lamentando a perda do único filho(a), e aí me volta à mente o ditado popular dos antigos. Hoje, no nosso texto aborda a conversa entre os filhos de Jacó; aqui, Judá está na intercessão diante de José (um desconhecido para ele), pela vida de Benjamim, que é o valor maior do coração do pai deles. Há tantas lições dentro dessas conversas, que podemos captar das entrelinhas; mas nosso foco é não tentar aprender tudo de uma só vez, o que também é impossível em se tratando de Bíblia. Mas podemos vencer o Judá se derramando de coração e alma na defesa não só de Benjamim, e do pai, mas também da sua honra, já que ele empenhara sua palavra com o pai, garantindo a vida do irmão. Para José, era muito significativo, ver aquele homem defendendo o irmão mais novo e a preocupação com o pai, o que não acontecera com ele, tempos atrás. Mas, de fato, o que gostaria de colocar meu coração hoje nesse meditação é numa versão da experiência de Jacó, aqui relatada pelos filhos, nas próprias palavras de seu pai. Na sua juventude, Jacó conheceu e se apaixonou por Raquel e com muito trabalho literalmente conseguiu casar-se com ela e para isso, teve que engolir um casamento arranjado pelo sogro, com a irmã mais velha de Raquel, a Lia. O sonho de Jacó era Raquel, e aqui entra aquelas sucessivas negativas da vida, que trabalha contra os sonhos dos filhos de Deus. Alguém da ala pentecostal diria que não era mesmo da vontade de Deus que Jacó se casasse com Raquel, pois deu tudo errado do começo ao fim. Só para nomear: Ele amava Raquel e recebeu Lia por esposa; Lia era fértil e lhe deu muitos filhos; Raquel teve dois filhos; morreu no pós parto de Benjamim, ainda muito jovem; José desapareceu e foi dado como morto; Benjamim fica retido no Egito vítima de uma armação (de José, diga-se). Quanta tribulação! Seria motivo suficiente para Jacó sair da linha, rodar a baiana e reclamar da vida, reclamar do destino, de Deus e de tudo. Ele andou só por caminhos indicados por Deus e com promessas de ser abençoado, protegido e prosperado até se tornar uma grande nação com descendentes se tornando reis. Mas até agora era mais lutas do que vitorias; quanto as coisas começavam a se acalmar de um lado, levantava novas frentes de problemas. Alguém que está lendo esse texto hoje, porventura se identifica com isso? Tem promessas de Deus e só tá levando cacetada de todo jeito e de todo lugar? Por mais que faça as coisas certas, seja honesto, correto e anda em fé e santidade, mas ainda assim, o mar da vida não se acalma? Pois bem, comigo não é e não tem sido assim; mas conheço amados irmãos que vive de luta em luta por muito tempo. Então é para vocês que me dirijo, quem sabe, até seja profético: Olha para Jacó e veja que ele assimilava cada golpe e cada luta, chorava, expunha sua dor e seu pesar – mas a sua fé permanecia inabalável no Deus de Abraão e Isaque. Seus olhos, quer físicos, quer espirituais se mantinham focados nas promessas de Deus e não seria as lutas e as provas que o afastariam delas. Jacó parecia aqueles jogadores de futebol americano, que recebe a bola e o time adversário inteiro só tem olhos, pernas, braços e foco nele; ele corre, desvia, salta por cima, por baixo, se solta, se arrasta até cruzar a linha e fazer o “Touchdown.” Lutas e provas não podem ser motivos de nos desanimar e nos esfriar da fé; ao contrário, quando mais a chapa esquenta, mais próximos de Deus precisamos ficar. Abraão, quanto mais lutas e provas, mais ele louvava e adorava. Não gosto muito colocar textos grandes, mas aqui não temos como não fazer, para nossa edificação, afinal, estamos meditando! O qual, em esperança, creu contra a esperança, tanto que ele tornou-se pai de muitas nações, conforme o que lhe fora dito: Assim será a tua descendência. E não enfraquecendo na fé, nào atentou para o seu próprio corpo já amortecido, pois era já de quase cem anos, nem tampouco para o amortecimento do ventre de Sara. E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus, E estando certíssimo de que o que ele tinha prometido também era poderoso para o fazer (Rm 4.18-21). Uma das razões de escrever todos os dias, é para incentivar e apoiar irmãos e irmãs que precisam de um ombro e uma palavra de fé, por alguém que também está na caminhada. Todos temos nossas lutas, nossas provas, nossas fraquezas e crises, mas não somos dos que desanimam e nem desistem. Somos da fé.

Pai, obrigado por andar conosco nas lutas e provas dessa vida. Temos promessas de uma outra vida melhor e mais estável, mas até chegarmos nela, iremos perseverar e batalhar em fé. Nossa oração é por sabedoria para acolher com mansidão essas situações que vem para nos aperfeiçoar e nos aproximar mais de ti. No teu Reino só há vencedores e pessoas que perseveraram contra todas as adversidades e venceram o mundo, o pecado, a carne, o diabo e a si mesmas com o poder do Espírito Santo e a força da tua Palavra. Ministramos uma palavra de fé e de vitória para os teus filhos que se encontram em muitas lutas e provações. Conceda-lhes graça e sabedoria para encontrarem a saída, com a bênção do Senhor, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s