Raquel, a Mãe de José

Meditação do dia: 28/02/2020

E ela concebeu, e deu à luz um filho, e disse: Tirou-me Deus a minha vergonha. (Gn 30.23)

Raquel a Mãe de José – “Para quem não tem nada, a metade já é o dobro!” Eu me encantei com essa frase, assistindo a uma reportagem sobre as pessoas em situação de vulnerabilidade social. A pessoa fora acolhida em um abrigo público em noite fria e ganhou meio sabonete para tomar banho e o foco da reportagem era a denúncia de que deveria ser dado um sabonete inteiro. Aquela pessoa ficara tão feliz ser acolhida e ganhar um bom banho com sabonete, que sua gratidão o tornou num filósofo. No meu íntimo eu fico pensando nos nove últimos meses da vida de Raquel; pois o que ela expressou com o nascimento do filho, é o fim de um processo de longa espera e dolorosa paciência, diante de uma rotina de frustração e zombaria que finamente ele viu terminar. O tempo do escarnio pela infertilidade agora estava definitivamente para trás. A própria irmã, servia de espelho para que ela visse sua incapacidade de mudar sua realidade. Consigo até visualizar as duas tendas delas, frente a frente no amanhecer ou no começo do dia e Lia espreguiçando e provocando com comentários do tipo: “essa noite dormi mal, o bebê chutando minha barriga…!!! desculpe, Raquel, você não sabe o que isso né? Tem que ser mãe para sentir isso!” Para Raquel mais difícil do que as provocações familiares, era a luta consigo mesma, tentando se encaixar num quebra-cabeças de perguntas e respostas que terminam sempre do mesmo jeito, no nada. Como as promessas de Deus se cumprirão e a aliança eterna passará de geração em geração se não conseguia transpor aquele obstáculo. Quando enfrentamos dificuldades tais, daquelas grandes, que não temos a menor idéia de como superar e a única resposta viável que temos seria um milagre, e ele não aparece. Oramos, jejuamos, consagramos, recebemos ministrações de pessoas boas e sérias, mas nada acontece. Parece que todos os olhares em nossa direção é uma sentença de que somos incompetentes, não estamos nos esforçado o suficiente, ou não temos fé. O texto bíblico interessante aqui, é aquela citação de Paulo aos Coríntios: Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus” (1 Co 2.11). Ninguém conhece a gente por dentro, só o nosso espírito que é a pessoa verdadeira, sabe o que se passa no íntimo. Também ali está a morada o Espírito Santo, que é Deus e sabe tudo de Deus, seus planos, propósitos, tempos, promessas e condições… olha a importância da comunhão verdadeira em alto nível e sensibilidade para perceber o agir de Deus. Quando olho para esse acontecimento com Raquel, também olho para o tempo das restaurações de todas as coisas, quando o jogo vira e a vitória se torna certa, como disse Isaías: Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria (Is 61.7). Para quem está na luta, o seu dia vai chegar! Mantenha sua fé Poderoso de Jacó!

Senhor, obrigado pelo desafio de acreditar mesmo quando todos os sinais dizem o contrário. A tua Palavra há de se cumprir no seu devido tempo. Nunca é tarde demais para aqueles que confiam em ti e andam guiados pelo teu santo Espírito. Promessas de Deus, são Palavras de Deus! Firmamos nossa confiança em ti, com louvor, adoração e muita ação de graças até a vitória completa, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s