Assim Morreu Raquel

Meditação do dia: 11/03/2020

Assim morreu Raquel, e foi sepultada no caminho de Efrata; que é Belém.(Gn 35.19)

Assim Morreu Raquel – Não é o fim da história da vida de Raquel. Como disse um dos nossos ex-presidentes da República, Raquel também deixou esta vida para entrar para a história. Nós, aqui não estamos estudando uma biografia, então tudo o que teríamos de aprender com ela, também não para por aqui. Mas queremos muito pegar o que nos é legado da vida dessa mulher, em certo sentido se diz tão pouco, mas que tem uma importância tão grande; talvez porque o que Raquel foi, estava muito acima do que os seus próprios feitos ou registros que deixaram dela. Uma mulher que apareceu por seu trabalho, se firmou por seu amor e marcou por sua luta para ser quem ela aprendera que fora criada e assim alcançou o status de matriarca da nação de Israel, mesmo tendo apenas dois filhos e morrendo muito jovem. Fica para nós o exemplo consagrado na história, de que a vida vale pela intensidade com que se vive e pelos propósitos estabelecidos e alcançados. A vida de Raquel tinha propósito e ela soube batalhar para que a sua parte da herança se confirmasse; não herança a ser recebida, mas a ser deixada, suas marcas e impressões. Raquel sonhava com a Terra Prometida, viu em Jacó a sua chance de alcança-la e lutou por isso. Precisava ter filhos para herdar a terra e vir a ser mãe de uma nação, sendo estéril, ela não se conformou e não se diminuiu diante da irmã que gerava um filho atrás do outro e a provocava. Acreditou e buscou seu milagre e quando o primeiro chegou ela já estava acreditando que Deus lhe acrescentaria outro. O nascimento do seu primeiro filho, marcou o início da jornada de volta para onde ela nunca tinha ido, mas que pela fé já era sua terra também. Se pôs a caminho numa jornada longa e cansativa estando gestante de seu segundo filho, mas foi com alegria e muita boa vontade, para estar definitivamente na posse daquilo que só a fé lhe poderia dar. A jornada de Raquel e sua família, saindo de Harã, terra de suas raízes, onde deixou tudo definitivamente, para ir andando pela fé, enfrentando os mais variados obstáculos, à começar pelo seu próprio pai e irmãos. Viu seu marido ficar de sentinela e lutar a noite toda com um anjo, para chegar de manhã em casa, manquejando mas com uma nova identidade. Viu a bênçãos do milagre da reconciliação do marido com o cunhado, que tinha fama de mau, mas que teve o coração aplacado pelo poder de Deus. Raquel viu sua sobrinho se envolver numa enrascada, que terminou em tragédia e perigo para todos. Raquel viu seu marido pedindo e confiscando todos os ídolos e deuses falsos  entre eles, porque de agora em diante, todos serviriam um Deus único, o Todo Poderoso, e que o nível de consagração de agora em diante deveria ser maior. Ela viu chegar a hora do nascimento de seu novo filho, e nessa momento as coisas se complicaram, as dores foram atrozes e todos os meios e tentativas de ajuda que lhe foram prestados pareciam que não iriam surtir efeitos e ela só teve tempo de chamar o seu bebê de Benoni, “filho da minha dor.” Foi, assim, no meio do caminho, fora de casa, pertinho de chegar no final da jornada, mas para ela a jornada terminou primeiro do que para os outros. Foi assim que morreu Raquel. Ela terminou sua carreira, deixou suas marcas e seu legado; um dia aqueles meninos se tornariam uma nação, teriam reis e o primeiro deles foi filho de Raquel, filho de Benjamim. Um dia o Messias, a esperança de todas as nações, nasceria e seria num estábulo, ali, bem pertinho de onde ela ficou. Um dia a Igreja apareceria para realizar a grande obra da redenção, entre os apóstolos, os grandes líderes do futuro, haveria de vir um, a maior de todos, que se chamaria Paulo, filho de Benjamim, filho de Raquel. As dores de Raquel abençoaram e abençoam muitas vidas até hoje e trazem consolação e esperança. Quando se vive para Deus, se torna semente, que não morre, apenas é plantada e os frutos seguirão no devido tempo. Você acha que Raquel morreu? Morreu cedo demais? Morreu fora de hora? Morreu fora de tempo? Você acha?!!!!

Senhor, só nos resta pedir sabedoria e discernimento para viver plenamente a vida que nos dás. Em tudo e em todo tempo, o Senhor permanece no controle e no governo de todas as coisas. Nossa vida tem sentido e propósito exatamente por estar nas tuas mãos e a serviço de um projeto feito e dirigido por ti. Que sejas glorificado sempre em minha vida e na de todos os que confiam em ti e se consagram a servir e permitir serem instrumentos de abençoar e influenciar em todo tempo. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s