O Leão de Judá

Meditação do dia: 03/06/2020

 “Judá é um leãozinho, da presa subiste, filho meu; encurva-se, e deita-se como um leão, e como um leão velho; quem o despertará?” (Gn 49.8)

O Leão de Judá – Símbolos empregados para demonstrar significados de qualidades desejadas, são muito naturais em toda a história humana. Modernamente até se tornou ciência, cátedra, profissão da área a comunicação – o marketing e a publicidade. Trabalham com símbolos, produzem imagens que vendem desde alfinetes até aviões, Iates, cultura, imagem pessoal, e torna o consumismo uma espécie de religião, com seus templos suntuosos e luxuosos por toda parte, os “Shoppings Centers.” Toda instituição cria sua marca e um logotipo, que nada mais é do que um símbolo que a representa. Veja os símbolos das marcas de automóveis! Grifes de roupas e jóias! Quando se menciona a marca ou mostra o símbolo, surge o respeito e admiração, ou o desprezo e zombaria. Nas páginas das Sagradas Escrituras, encontra-se também muitos símbolos e marcas que impunham respeito. A história da redenção tem um desenho de publicidade fora de série. Lá no Éden, quando só havia duas pessoas no mundo todo, o Senhor falou sobre uma “Semente da Mulher,” e todo o restante, a totalidade da revelação bíblica desenvolve esse conceito e vai tornando-o cada vez mais forte, conhecido, esperado e desejado e tudo passa a girar em torno dele. Quer ver um exemplo, que é generalizado e não importa o credo ou descrédito para com Deus ou fé ou questão espiritual, mas ele está presente: Qual a data de hoje? Resposta: 03/06/2020 – terceiro dia do sexto mês de uma contagem que agora alcança 2020 – O que marca o começo dessa contagem? Ele, a Semente da Mulher. Aqui está Israel abençoando seus filhos e eles são os pilares ou fundamentos de uma grande nação prometida por Deus a Abraão, Isaque e Israel e é o seguimento das promessas anteriores de redenção da humanidade. Esse fio vermelho da narrativa da redenção, partindo de Adão e Eva vai sendo passado por cada geração através de um descendente e chegou em Israel que passará adiante legitimamente por qualquer dos seus doze filhos, mas Judá é a peça da revelação. O pai ao abençoar, caracteriza como Leãozinho, Leão e Leão velho (nessa versão  Corrigida da Fiel). Na maioria das demais versões em português, é descrito como Leãozinho, Leão e como uma Leoa. O brasão da tribo estava estabelecido; quem via aquele estandarte com um leão estampando, já distinguia Judá. Todos eram filhos de Jacó/Israel; todos eram e foram abençoados pelo pai e recebeu sua promessa e seu legado; Porém cada um foi distinguido com ou por uma característica individual e pessoal. O pai te ama, me ama e a todos os seus filhos indistintamente. O propósito porém é personalizado e preparado exclusivamente sob medida para cada indivíduo. Seus planos e projetos são distintos, para valorizar e honrar a individualidade e a perfeição da sua criação. Deus não tem dois iguais de nós; não tem figurinha repetida no álbum de Deus. Só peças raras! Únicas em toda a sua coleção. Você e eu somos especiais do começo ao fim. Ninguém é insignificante diante dele. É o pecado e a corrupção que desvaloriza as pessoas e não a condição de sua origem. Ninguém foi criado para ser uma vergonha, um derrotado, um fracasso total! Acreditar nisso é astúcia daquele outro! Levante-se e brilhe! Você não será Judá, porque ele é ele, você será você e deve se concentrar nas suas qualidades, oportunidades, talentos e aptidões que te foram confiados. Em alguma coisa, você é bom e deve valorizar isso e glorificar a Deus e servir ao próximo através disso. Amém?

Senhor, obrigado por nos criar de uma forma tão maravilhosa e especial, de forma que não precisamos replicar o que os outros são, porque a uma chamada e uma possibilidade de sucesso, brilho e utilidade para cada um de nós. Graças te damos, porque ninguém, nenhum de nós é insignificante ou sem valor. Estamos aqui por uma determinação e graça daquele que pode e sabe todas as coisas e acredita em nós e no potencial que há dentro de cada um. Sou extremamente valioso por causa daquele que me criou, daquele me ama e daquele que morreu por mim. Não posso e não sou sem valor! Sou de Deus, sou abençoado e criado para um propósito todo especial que só eu posso cumprir esse meu papel. Louvado seja, Senhor o nome da tua glória, o nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s