Israel & José

Meditação do dia: 22/06/2020

 “Disse, pois, Israel a José: Não apascentam os teus irmãos junto de Siquém? Vem, e enviar-te-ei a eles. E ele respondeu: Eis-me aqui.” (Gn 37.13)

Israel & José – Que importância tem as últimas palavras ou as conversas de um último encontro? Elas tomam dimensões gigantescas e importância e significado, para quem fica. Não é apenas as palavras, mas também o tipo de conversa, o assunto, a tonalidade, o respeito e a reverencia ou falta dela. Depois de algum tempo e de algum acontecimento que marca aquilo como a última oportunidade, faz surgir um valor sentimental e pode ficar até como legado. Nosso universo de relacionamentos estão repletos de relatos de pessoas conhecidas e queridas, que sem despedir, se despediu, sem avisar nada, deixou avisos muito claros de que aquilo era um etapa finalizada. Alguns atribuem essas situações a atividades espirituais, ou da parte interior, a verdadeira pessoa, que tem acesso a mais informações do que a nossa vã sanidade mental e emocional admite. Em termos de espiritualidade e intimidade com as realidades sobrenaturais do Espírito Santo, temos indícios como os ensinos do Apóstolo São Paulo, na Carta aos Coríntios – “Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus” (1 Co 2.11,12). Fenômenos psíquicos, anímicos e espirituais que estão um tanto além da mera compreensão racional, permite a pessoa chegar a informações que digamos, “ela mesma não como sabe aquilo, mas sabe no seu interior.” José e Jacó, estavam travando um diálogo simples, uma conversa de pai e filho; o pai precisando de um favor, um serviço que um adolescente poderia fazer com facilidade e não seria nada fora da normalidade familiar. Havia disposição de cooperação da parte do filho em servir e produzir satisfação ao coração do pai. Eles, porém, não tinham como saber que aquela seria a última conversa entre eles por muitos anos, ao menos nos próximos vinte e dois anos e sendo que José ainda teria alguma condição de tentar contatos, mas o pai, ficou alijado dessa oportunidade. Quando a Bíblia nos chama a valorizar o hoje, porque é o único tempo sobre o qual temos qualquer controle e possibilidade de agir conscientemente, ela está sugerindo viver intensamente e com qualidade. Isaías fala sobre a brevidade poética da vida “Uma voz diz: Clama; e alguém disse: Que hei de clamar? Toda a carne é erva e toda a sua beleza como a flor do campo. Seca-se a erva, e cai a flor, soprando nela o Espírito do Senhor. Na verdade o povo é erva. Seca-se a erva, e cai a flor, porém a palavra de nosso Deus subsiste eternamente” (Is 40.6-8). O dia da salvação, isto é, o dia de resolver as questões de fato importantes, é hoje, é agora, enquanto tenho isso disponível. “(Porque diz: Ouvi-te em tempo aceitável e socorri-te no dia da salvação; eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação)” (2 Co 6.2). Não deixe de dizer que ama, não deixe de pedir perdão, não deixe de perdoar, não deixe de ajudar, servir, facilitar agora, nessa oportunidade que parece apenas uma entre tantas outras que teremos pela vida à fora. “Ainda teremos muito tempo juntos…” tempo é o que não temos, nem controle sobre ele e os eventos que como o próprio tempo passam e não voltam mais, nunca mais! Então é hoje! É Agora!

Senhor, obrigado pelo momento que estamos tendo agora, juntos. Posso orar a ti e louvar o teu santo nome, posso agradecer pelas vidas e pelas muitas amizades, familiares e relacionamentos que temos. Algumas delas teremos por muito, muito tempo ainda, outras nem tanto e outras não sabemos nada! Mas precisamos de sabedoria e coragem para construir relacionamentos saudáveis e duradouros, de preferencia, para a eternidade. Obrigado pelo teu amor imenso e pela generosidade de nos permitir te conhecer e sermos amados de forma tão intensa e incondicional. Obrigado pelas vidas ao nosso redor e por tudo que elas significam e pelo que são. Graças, em nome daquele que vive para sempre, o nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s