Avistado de Longe

Meditação do dia: 03/07/2020

 “E viram-no de longe e, antes que chegasse a eles, conspiraram contra ele para o matarem.” (Gn 37.18)

Avistado de Longe – À primeira vista, vendo o versículo todo, a minha impressão foi conectar a situação de José, com a situação daqueles delatores do profeta Daniel na Babilônia, que o levou a passar uma noite inteira na cova dos Leões, sendo protegido por Deus. Mas o trato dos leões para com os delatores foi muito diferente; “E ordenou o rei, e foram trazidos aqueles homens que tinham acusado a Daniel, e foram lançados na cova dos leões, eles, seus filhos e suas mulheres; e ainda não tinham chegado ao fundo da cova quando os leões se apoderaram deles, e lhes esmigalharam todos os ossos” (Dn 6.24). Isso me remete em pensamentos ao que os irmãos de José planejam fazer com ele assim que chegar. Ter uma visão de longo alcance é maravilhoso e pode ser o diferencial para antecipar movimentos, quando à serviço do bem. Ver ao longe é uma bênção, pois aliado a um bom caráter e um instinto criativo e empreendedor, sem dúvida alguma pode fazer maravilhas; mas se estiver a serviço do mal, é um risco muito grande, porque tal pessoa pode ser comparada a uma ave de rapina, no sentido predadora. Gosto de ligar essa capacidade de avistar ao longe para o bem, e quando a cena é romântica, fica ainda melhor. Aqui podemos ver os olhares de Isaque e Rebeca antes de se encontrarem, se viram de longe e então foi só correr para o abraço. “E Isaque saíra a orar no campo, à tarde; e levantou os seus olhos, e olhou, e eis que os camelos vinham. Rebeca também levantou seus olhos, e viu a Isaque, e desceu do camelo” (Gn 24.63,64). Na nossa meditação de hoje, podemos aprender o significado dos ensinos de Jesus sobre a obediencia ao chamado de servir no ministério e sair do zona de conforto e adentrar em lugares que podem ser verdadeiros covis de lobos. São os chamados riscos do ofício de amar as pessoas que ainda não respondem ao amor de Deus e em vez de boas vindas, pode ser que os mensageiros sejam recebidos com hostilidade e até violência. “Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas” (Mt 10.16). Ser ovelha no meio das demais ovelhas é bem fácil e confortável;  mas Jesus envia algumas das suas ovelhas-missionárias para o meio de lobos; aí a pressão é grande. O Mestre recomendou duas atitudes nessa situação: Prudencia e simplicidade, aqui nessa versão aparece inofensivos. José estava vendo ao longe os seus irmãos e assim o final da jornada e após uma longa jornada, no coração havia a expectativa de acolhida, alimento, água e descanso seguro. Mas do outro lado, eles estavam armados até os dentes de más intenções e imaginações perversas contra alguém indefeso, tanto em número quanto em atitudes. Precisamos lembrar que os homens são instrumentos, mas quem realmente escreve e dirige a nossa história é Deus e nele é que deve estar concentrado o nosso coração e permanecermos olhando para ele. Não perca de vista sua chamada e nem sua missão dada por Deus por causa de homens que tem idéias diferentes e até opostas às suas e as de Deus. Cumpra seu ministério! Não alimente a ilusão de que sempre as coisas precisam ser favoráveis e as pessoas sempre prestativas e apoiadoras, por que não são e não serão; mas isso não muda nossas ordens de serviço.

Senhor, obrigado pelas pessoas que conseguem ter uma visão de longo alcance e fazem uso disso para glorificar o teu nome e planejar coisas boas e grandes para o bem de todos. Mas pedimos graça e sabedoria para lidar com a adversidade e a oposição ao que temos recebido como missão de vida. Lemos na Palavra que “Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo deu sua vida por nós, sendo nós ainda pecadores.” TE agradecemos pelo encorajamento e apoio que o Espírito Santo nos dá e nos fortalece para sermos fiéis até o fim. Em nome de Jesus, oramos e adoramos, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s