Esta é a Interpretação

Meditação do dia: 06/09/2020

Então disse-lhe José: Esta é a sua interpretação: Os três sarmentos são três dias;(Gn 40.9)

Esta é a Interpretação – Iniciaria com um provérbio caipira das antigas, mas me vi tolhido pelo politicamente correto atual e assim, me justificar antes de dizer, para que as gerações mais novas entendem que num passado não tão distante isso não seria ofensivo e nem delito. Iniciaria assim: “Depois da onça morta, todo mundo põe o pé na cabeça dela para sair na foto!” Hoje, isso é crime ambiental e eu estaria fomentando tal prática; o equivalente no sentido, hoje é “Engenheiros de obras prontas.” Os dois adágios significam criticar ou mostrar como fazer algo, depois que aquilo está pronto. Quando José disse aos seus dois companheiros perturbados com seus sonhos que pudessem contar-lhe os sonhos porque as interpretações são de Deus, e ele se referia ao Altíssimo, Todo Poderoso, o Deus único, que seu Bisavô conhecera e fizera alianças, que posteriormente foram ratificadas com seu avô e com seu pai e ele era muito consciente delas e sabia que estava construindo alguma etapa dessa construção de uma nação abençoadora, para todas as famílias da terra. Ele não sabia previamente nada sobre os sonhos, nem os sonhos e nem a interpretação; ele acreditava que Deus em sua misericórdia o ajudaria a aliviar a dor e a preocupação daqueles homens. Sua motivação era servir de ajuda e apoio. Ele não esperava nada em troca, pois afinal, nem sabia sobre como as coisas se encaixariam. Viver pela fé, inclui andar pela fé e isso tem a ver com depender do mover do Espírito, que é tão imprevisível como o próprio vento, segundo Jesus. O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito (Jo 3.8). Hoje, quando leio esse texto de José interpretando o sonho, por vezes eu pensei: Esse sonho não é tão difícil de interpretar! Afinal, o cara era copeiro, ele viu uma videira e três ramos e nasciam uvas e ele as espremia no copo de Faraó e o dava para beber. Mas preciso reconhecer que depois de tantos anos lendo a Palavra de Deus, estudando e pregando, vejo que não é tão simples assim. Vou ter que concordar com duas pessoas que disseram algo muito acertado: “Só os sábios estão cheios de dúvidas; as certezas são uma particularidade dos ignorantes.” (Maryanne Schramm) Já Beltrand Russel pegou pesado: “O problema do mundo de hoje é que as pessoas inteligentes estão cheias de dúvidas e as pessoas idiotas estão cheias de certezas.” Bateu aquela dúvida agora! Aqueles três ramos poderiam ser três meses, três anos, décadas, safras, oportunidades e etc. José lidou com uma revelação espiritual no seu íntimo. Ele foi assertivo: Os três ramos são três dias e dentro de três dias Faraó te restaurará ao seu posto. Ele não foi evasivo, ou supôs, ele disse o que Deus comunicou ao seu espirito. Lidar com os dons espirituais é uma situação de fé e exercido de prática ministerial. É Deus que está comunicando à pessoa uma mensagem e a interpretação vem dele assertivamente. Fui ensinado, e passo à frente que ministrar nos dons carismáticos, especialmente os dons sobrenaturais de revelação, a pessoa pode errar ao receber, ao interpretar e ao entregar a mensagem. Por vezes não compete à pessoa interpretar nada, ela deve apenas ser o canal de comunicação divina; mas se mete por conta e risco e assim contamina o sagrado. Gosto do parecer do Apóstolo São Paulo, que somos despenseiros dos mistérios de Deus e a fidelidade é requerida de todos nós. Portanto, devemos ser considerados simples servos de Cristo, encarregados de explicar os mistérios de Deus. De um encarregado espera-se que seja fiel (I1 Co 4.1,2 NVT).

Pai, obrigado por ser capaz de comunicar muito bem com os seus filhos e produzir consolação e edificação em nossos relacionamentos. Somos adoradores e servos comprometidos com a verdade e assim ajudarmos as pessoas que estão próximas de nós e passando por necessidades que eles não sabem que podes ajuda-los e que estamos aqui com essa missão. Obrigado pelos dons e vocações que são instrumentos da igreja operar no sobrenatural e abençoar as vidas. Agradecemos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s