Lembra-te de Mim

Meditação do dia: 07/09/2020

Porém lembra-te de mim, quando te for bem; e rogo-te que uses comigo de compaixão, e que faças menção de mim a Faraó, e faze-me sair desta casa;(Gn 40.14)

Lembra-te de Mim – Hoje podemos, seguir falando dos sonhos e as interpretações; mas também podemos falar sobre gratidão por benefícios recebidos; como também está aberto a oportunidade de escrever sobre ingratidão, uma vez que alguém foi abençoado com o dom e o interesse legítimo de ajudar e depois não teve uma correspondência de favores. Por outro lado, podemos aprender aqui, as lições da vida, pois o propósito de Deus não sinaliza o que queremos, o que aconteceu, nem o que está acontecendo, mas sim o que não pode deixar de acontecer. Todos nós amamos José e ficamos na torcida para que a justiça lhe seja feita, pois “ninguém merece passar por isso!” Ele aqui, ao ser poderosamente abençoado como instrumento de Deus para profetizar o que seria da vida daquele copeiro, imediatamente ele voltou a operar “na carne,” guiado pelas emoções, com saudade de casa, admitindo ser injustiçado e esperava um favor humano para se livrar. Humanamente falando, ninguém, ninguém mesmo, tem qualquer direito de falar qualquer coisa contra José e seu desejo de retomar sua vida. Muitos de nós teria sucumbido ou desistido, amargurado e afundado num poço de frustração. Mas aqui, podemos ver que a multiforme sabedoria divina, justifica tudo o que se passa com José, para leva-lo, não aonde ele queria, gostaria ou poderia ir, mas onde de fato ele cumpriria um propósito muito acima do que ele mesmo sonharia. Como Jó, ele não tinha a menor idéia do que estava acontecendo nos bastidores do mundo espiritual. Aqui vale lembrar do ensino de Tiago: Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência. Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma. E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada (Tg 1.3-5). Precisamos pedir e receber sabedoria para que a obra completa proposta por Deus para nós, por nós e através de nós se efetue na totalidade. Saindo antes, o prejuízo é enorme; imagine, o que José faria se fosse solto? Ele correria para Canaã  – e o que seria do restante dos planos que exigia sua presença no Egito? Você pode imaginar, Jesus sendo insultado pelos soldados romanos ao pé da cruz, ou o ladrão crucificado, provocando-o para que se salvasse e a todos eles – e Jesus tentasse provar que podia, e descesse da cruz? Nem quero imaginar! A provação pode ser dura, dolorida e difícil, mas antes de pedir livramento e escape, precisamos pedir sabedoria para saber os propósitos finais daquilo tudo. O melhor do mundo para se viver e estar é o centro da vontade de Deus. Ser atacado mental, emocional e espiritualmente como o foi José, naquela manhã, se repete todos os dias com todos os filhos de Deus. Mas nem todo livramento se torna bênção de fato. Por isso que do justo vive pela fé. Não sabemos, não entendemos, mas podemos crer naquele que cuida de tudo e governa não só nossas vidas, mas todas as coisas. Bendito seja a vontade do Senhor, sempre e eternamente!

Pai, obrigado, por não atender certas orações nossas, porque o resultado seria desastroso para nós e para os propósitos eternos. Podemos confiar no teu amor e tua sabedoria, pois a tua capacidade de ver todas as coisas ao mesmo tempo, torna o teu governo justo e verdadeiro. Obrigado pela assistência do Espírito Santo que nos aconselha, conforta e consola, de forma que a vida de Cristo se mostra preciosa em cada um de nós. Agradecemos, mesmo quando não entendemos, mas pela fé aceitamos a tua vontade e que ela seja feita em nossas vidas aqui na terra, tal qual o é no céu. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Obs: Correção – A referencia Bíblica da Meditação de 06/09/20 é Gn 40.12

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s