O Medo de Perder

Meditação do dia: 21/02/2021

Então temeram aqueles homens, porquanto foram levados à casa de José, e diziam: Por causa do dinheiro que dantes voltou nos nossos sacos, fomos trazidos aqui, para nos incriminar e cair sobre nós, para que nos tome por servos, e a nossos jumentos.(Gn 43.18)

O Medo de Perder – O que antes, por muitos anos ou séculos se percebia emocionalmente, mais recentemente foi medido estatística e matematicamente por experimentos de comprovação científica. Estamos falando dos efeitos psicológicos e emocionais nas perdas e ganhos da vida. Recentemente, em 2017, O norte-americano de 72 anos Richard Thaler venceu o Nobel de Economia por suas contribuições para a economia comportamental, juntando a economia e a psicologia. Em 2002 o ganhador do Nobel de Economia foi Daniel Kahneman (Tel Aviv, 05/03/1934) é um teórico da economia comportamental, a qual combina a economia com a ciência cognitiva para explicar o comportamento aparentemente irracional da gestão do risco pelos seres humanos. Em 17 anos, dois prêmios Nobel para teóricos da psicologia comportamental na economia. Já li os dois e vale a pena. Deixe-me trazer para a nossa prática de vida diária, o conceito referido por eles. A alegria de ganhar digamos cem reais é menor do que a dor de perder os mesmos cem reais. Quando alguém compra um produto numa promoção, por um preço muito bom, ele fica feliz, mas se descobrir que em outro estabelecimento poderia ter comprado o mesmo produto sem promoção por preço ainda melhor, ele tem uma tremenda frustração, embora tenha ganhado na compra. Por isso mesmo podemos ver as parábolas contadas na Bíblia, especialmente em Lucas capitulo quinze, conhecido como o capítulo das coisas perdidas. Jesus começou com a parábola do homem que tinha cem ovelhas e saiu numa busca frenética pela única que desgarrou. Depois conta a história da mulher que tinha dez moedas e perdeu uma dentro de casa e promoveu uma verdadeira faxina até encontrar aquela moeda de pouco valor. Finalmente ele fala dos dois filhos do fazendeiro que exigiu sua parte antecipada da herança e partiu desperdiçando tudo e voltando na miséria. Nos três exemplos fizeram festas e celebrações pela recuperação da perda. Tudo isso foi aplicado ao valor que Deus confere a cada pobre alma perdida no pecado e se converte de seus maus caminhos, voltando sua fé ao Criador. “Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento” (Lc 15.7). As três histórias são finalizadas com a citação da alegria pela recuperação de um bem precioso que se perdera e finalmente foi encontrado. À semelhança de todos os homens, distantes de Deus e da verdadeira comunhão, os irmãos de José, estavam temerosos da possível perda que sofreriam, caso o governador resolvesse ser desleal e aproveitar de sua posição de autoridade sobre eles e prejudica-los. Só quando a confiança e o conhecimento verdadeiro veio em seus corações é que perceberam que todos os seus medos e temores eram injustificados, diante da generosa e abundante riqueza do coração e das intenções do governador para com eles. Isso é um convite para deixarmos de desconfiar do caráter de Deus e nos lançarmos confiadamente em seus braços e descansar nossas almas. Como o próprio Senhor disse através do profeta Jeremias: Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais (Jr 29.11).

 

Senhor, graças te rendemos e nos aproximamos de teu trono de graça e misericórdia, para acharmos graça em tempo oportuno. Somos carentes e necessitados de tua bondade e ela tem estado estendida para nós todos os dias e nem sempre temos nos atentado para isso. Agradecemos pela tão grande salvação revelada em Cristo Jesus. Obrigado, Pai, de todo o nosso coração, oramos em fé e agradecidos, em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s