Chega de Aflição

Meditação do dia: 27/01/2022

“Portanto eu disse: Far-vos-ei subir da aflição do Egito à terra do cananeu, do heteu, do amorreu, do perizeu, do heveu e do jebuseu, a uma terra que mana leite e mel.” (Êx 3.17)

Chega de Aflição – Desde pequeno sempre ouvia de minha mãe e de outros mais velhos um adágio popular que dizia: “Não há bem que sempre dure e não há não que nunca acabe!” Podem apostar suas fichas que a maioria das vezes que isso não era dito, era num contexto de algum sofrimento, sentimento de perda ou dor. Uma das formas dos pais consolarem os filhos era com a esperança de vencerem pela perseverança. Podemos fazer alguma conexão com a história humanidade, que deixando a segurança e a vida paradisíaca da inocência, se aventuraram pela alucinação da independência de Deus. Não demorou para que o sofrimento aparecesse e desde então, ele se faz presente. Não podemos também deixar de apreciar a didática divina de ensinar muita coisa através do sofrimento, nem Jesus passou incólume dessa aula. “Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu” (Hb 5.8). Normalmente as derrotas nos ensinam muito mais do que as vitórias. Quando Deus conversou e fez promessas a Abraão, sobre se tornar o pai de uma grande nação, foi mencionado na profecia que haveria sofrimento no caminho dessa formação, mas que seria providenciado vitória em definitivo, para então alargarem suas fronteiras. “Então disse a Abrão: Saibas, de certo, que peregrina será a tua descendência em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos” (Gn 15.13). Pois bem, os tempos de aperto, agruras, sofrimento e opressão estavam com os dias contados. Deus estava acionando o homem que conduziria o processo de libertação. As pessoas precisavam saber disso, para que se animassem na esperança pela qual tinham vivido por várias gerações. Uma bênção é sabermos que as Palavras de Deus se cumprem e dentro dos limites por ele estabelecidos. Quando ele fala que vai acabar, é porque vai mesmo. Os homens não podem prometer certas coisas, porque fogem de suas limitadas condições e capacidades, mas Deus não tem esses entraves, Ele é Todo-Poderoso. Podemos entender que o sofrimento dos hebreus sob o jugo egípcio havia cumprido o seu propósito, seja ele qual for; eles tenham entendido isso ou não, mas tudo aquilo que não temos condições de entender, podemos aceitar pela fé e confiar no caráter de Deus. Como já lhes escrevi algumas vezes, utilizo um texto bíblico como âncora para minha alma quando as situações e circunstancias estão tentando me arrastar para uma condição de insegurança, dúvidas e ansiedades. Fecho com esse joia da minha vida. “Justo é o Senhor em todos os seus caminhos, e santo em todas as suas obras. Perto está o Senhor de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade (Sl 145.17,18).

Senhor, obrigado pelos sofrimentos que nos acometem, mas já sabemos que todas as lutas, provações contribuem para propósitos mais elevados em nossas vidas. Também sabemos que o Senhor não permite que sejamos provados em maior grau do que a nossa capacidade de suportar, mas junto com a provação vem também o livramento para que possamos escapar. Obrigado pelo sustento e apoio nesses momentos difíceis. Graças, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s