Visitados Por Deus

Meditação do dia: 26/01/2022

“Vai, e ajunta os anciãos de Israel e dize-lhes: O Senhor Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, me apareceu, dizendo: Certamente vos tenho visitado e visto o que vos é feito no Egito.” (Êx 3.15)

Visitados Por Deus – Hospitalidade é algo maravilhoso e todos nós gostamos de ser bem recebidos e bem tratados. Com igreja aprendemos uma máxima importante sobre como tratar bem os visitantes: “As pessoas vão onde são convidadas e voltam onde são bem recebidas e bem tratadas.” Mas a parte do texto que selecionamos para a nossa meditação de hoje, não se trata de hospitalidade, mas de visitação de Deus ao seu povo. Esse tema sim, interessa muito a muita gente e se não cuidarmos da maturidade e do nosso crescimento, isso que é uma bênção pode se tornar um vício, uma moda ou um estilo de vida superficial de fé, pois as pessoas passam a viver pelos sentidos, mais exatamente as emoções e assim precisam de movimentos, atividades e coisas que aparentem um elevado grau de espiritualidade; como fenômenos carismáticos e abuso dos dons e celebrações prá lá de emotivas, para manter o fogo alto, não importando o que é que sustenta tal chama. Buscar a Deus faz parte dos nossos exercícios de fé e da vida de oração, adoração e serviço; mas buscar a Deus pelas suas manifestações sobrenaturais e não pela sua pessoa e seus propósitos não é saudável. Uma das primeiras menções de visitações divinas está no início de tudo, quando o homem ainda estava em estado de inocência e pureza lá no Jardim do Éden.  “E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar” (Gn 2.15). Logo em seguida, embora não possamos precisar quanto tempo, o homem desobedeceu e a próxima visitação de Deus já lhe causou incômodos e o fez fugir. “E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim” (Gn 3.8). Sabemos que Deus nunca abandonou sua criação e especialmente a humanidade; ele continuou se relacionando e se revelando para levar a consumação a obra de redenção e recuperar tudo que fora perdido. Isso é o significado de todas as histórias e o resumo de todas manifestações divinas entre os homens. Na entrevista com Moisés Deus fez questão de que ele notificasse os anciãos dos hebreus, que o Deus dos patriarcas estava visitando o seu povo e vendo a sua condição. Ao longo dos séculos isso ficou no coração e na mente do povo de Deus, que sempre estava atento ao seu povo. Nos dias de Jesus isso foi visto e reconhecido. “E de todos se apoderou o temor, e glorificavam a Deus, dizendo: Um grande profeta se levantou entre nós, e Deus visitou o seu povo. (Lc 7.16). Ao ressuscitar o filho de uma viúva na cidade de Naim, as pessoas entenderam que o ministério de Jesus era uma forma de visitação divina ao povo para socorrer e ajudar. Desfrute da comunhão com Deus, hoje mais aproximada do nunca, porque agora somos o templo do Espírito Santo e Deus habita em nós; assim não temos desculpa para nos sentirmos isolados, carentes e esperançosos que de alguma forma, algum dia, de alguma maneira Deus venha visitar os nossos corações. Somos a morada de Deus em Espírito.

Obrigado Senhor, por habitar nós e nos possibilitar uma amizade e comunhão de alto nível. Somos teus filhos porque a obra completa e perfeita de Cristo lá na cruz fez tudo o que era necessário para satisfazer a tua justiça e nos trazer para perto de ti. Agradecemos por tudo que és para nós e pelo tens feito em nosso favor. Oramos com gratidão, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s