Tornando-se Vara Novamente

Meditação do dia: 23/02/2022

“Então disse o Senhor a Moisés: Estende a tua mão e pega-lhe pela cauda. E estendeu sua mão, e pegou-lhe pela cauda, e tornou-se em vara na sua mão;” (Êx 4.3)

Tornando-se Vara Novamente – “Depois da tempestade vem a bonança!” Isso é o que preconiza a filosofia popular; mas na prática as vezes depois da tempestade vem a enchente, o deslizamento, a inundação e a correria para não perder mais do que já está comprometido. Moisés depois do susto de ver sua vara se transformar em cobra, agora que encarou o desafio, novamente viu a cobra se tornar vara. Que alívio!! O aprendizado é parte do serviço assim como o serviço é a continuidade do aprendizado. Um discipulado completo ou bem feito inclui os dois aprenderem juntos um com o outro. O aprendiz pode ter muito potencial, como o tinha Moisés, e uma boa parte de treinamento que trouxera de sua etapa da vida como príncipe do Egito. Agora iria iniciar uma nova etapa onde todo o conhecimento, experiencia e vontade de vencer lhe seria muito útil, mas teria que ter disposição de aprender coisas muito simples, mas essencial para viver e servir pela fé. Os homens são cheios de expectativas de ver grandes coisas, mas são muito impacientes para ver os pequenos começos e o progresso até que as coisas aconteçam. Fui seminarista e depois fui professor e vi o mesmo filme se repetir diversas vezes. Perguntar a um pretendente ao ministerial sobre suas expectativas, é quase unânimes que a resposta será o desejo de pastorear uma grande igreja, realizar um grande ministério, fazer grandes cruzadas, pregar para multidões e fazer o que ninguém até hoje fez… Os anos se encarregam de provar e aquilatar a qualidade do material e a capacidade de perseverança, para tirar os planos da teoria e torna-los realidade. “Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, a obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um” (1 Co 3.11-13). Quanto mais cedo aprendermos as lições que Deus disponibiliza, melhor será, pois aquilo que nos parece muito natural, como o era o cajado para Moisés, de repente se torna uma cobra e nos mete medo, queremos fugir e desistir de tudo. Mas precisamos manter a concentração naquilo que verdadeiramente importa, que a disposição de seguir as instruções divinas, elas são tão eternas e permanentes, quanto ele mesmo. Aquilo que nos assusta, pode se tornar bênção e estimular a nossa confiança. O desafio pode ser revertido e poderemos ver a transformação da causa do nosso pavor, em motivo de confiança para continuar. Com Deus, a cobra se torna vara novamente. O medo se torna coragem e o desespero se torna esperança e fé. Ninguém foi chamado por Deus para fracassar! Nem você e nem eu!

Pai, graças devemos sempre tributar a ti, todos os dias, por todas as oportunidades que vem até nós. A tua Palavra afirma que somos mais do que vencedores por Cristo Jesus, o nosso Senhor. Podemos aprender com o choro, com a dor, com as experiencias difíceis e os desafios constantes, mas a nossa fé precisa permanecer inabalável, porque o nosso Deus é Todo-Poderoso, é maravilhoso, santo, justo e bom. Nossa fé é provada, mas crescemos e progredimos com tudo que está em nosso caminho. Agradecemos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s