O Motivo Dos Sinais

Meditação do dia: 24/02/2022

“Para que creiam que te apareceu o Senhor Deus de seus pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó.” (Êx 4.5)

O Motivo dos Sinais – Deus ésuficiente para si mesmo! Deus se basta, ele não precisa de nada, de ninguém e não sente falta, solidão, carência ou coisa do tipo. A trindade é uma comunidade perfeita, harmônica e suficiente, eles se completam como também são bastante em si mesmos individualmente. Você não compreende isso? Então está certo, nem eu e nem ninguém dentre os humanos conhece isso na prática. Nossa fé e comunhão com Deus nos leva a aceitar pela fé verdades que ainda estão distantes da realidade experimental, enquanto estamos limitados nessa existência física terrena. Entre nós, precisamos de garantias em quase tudo e em todas as nossas relações. Desde reconhecimento de assinaturas, carimbos, senhas, provas de vida e residência, comprovação de rendimentos, de paternidade, de autenticidade e por aí vai… tudo precisa ser comprovado e autenticado. O homem acabou trazendo isso para as relações da espiritualidade e do relacionamento com Deus. Falhamos do nosso lado, mas queremos que do lado divino, ele ofereça certas garantias de que fará o que promete ou nos dará aquilo que reivindicamos. Conhecendo a nossa estrutura, o Senhor não se sentiu ofendido, mas lidou bem com a situação. “Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó” (Sl 103.14).  Ao lidar com Moisés, demonstrou seu poder e deu-lhe um arsenal de sinais poderosos que seriam humanamente difícil reproduzir, para que ele pudesse lidar com outros menos afortunado do que ele no que tange a um encontro pessoal tão próximo. Não seria apenas Moisés, os líderes ou o povo em geral que precisariam de evidencias maiores de que Deus realmente estava envolvido naquilo que Moisés viera lhes dizer e propor. O próprio Faraó e seus servos deveriam ser confrontados e desmascarados, para que a glória de Deus ficasse evidente. Quando João escreveu seu Evangelho, ele o fez com a finalidade de deixar claro para os cristãos daquele tempo e por extensão toda a posteridade da igreja, que Jesus Cristo, era de fato e de direito, divino, nada mais do que Deus encarnado. “Jesus, pois, operou também em presença de seus discípulos muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome (Jo 20.30,31). Deus não precisa ostentar poder e maravilhas para se auto-afirmar, ele o faz para que nossa fé cresça e se firme cada vez mais nele. Seus sinais são para nós.

Senhor, obrigado pela tua paciência, misericórdia e bondade para comigo e conosco os teus filhos. Somos falhos e fracos em nossa condição humana, mas fomos nascidos de novo, gerados de uma semente incorruptível que é a tua Palavra; agora como novas criaturas, podemos crer e nos realizar em tua fidelidade. Podemos crescer na fé e na prática das verdades que só podemos tomar posse pela fé e dependência de ti. Agradecemos a ajuda do Espírito Santo para nos conduzir nesse processo. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s