Sem Mudanças

Meditação do dia: 07/03/2022

“Então disse Moisés ao Senhor: Ah, meu Senhor! eu não sou homem eloqüente, nem de ontem nem de anteontem, nem ainda desde que tens falado ao teu servo; porque sou pesado de boca e pesado de língua.” (Êx 4.10)

Sem Mudanças – À essa altura da conversa entre Deus e Moisés, este, está fazendo de tudo para provar para Deus não era ele o candidato ideal para a tarefa de libertação dos hebreus do cativeiro egípcio. Além falta de eloquência e agora está argumentando que mesmo falando face a face com Deus ali no deserto, na sarça que ardia, ele ainda não havia experimentado nenhuma mudança significativa em sua vida, à ponto de capacitá-lo para a missão. Gostaria de desenvolver algum conceito com base nesse modo de Moisés abordar o tema: Acredito muito que um encontro pessoal com Deus é suficiente para impactar e produzir mudanças significativas na vida de qualquer ser humano. É impossível ter um encontro com Deus e não haver nenhuma transformação. Moisés estava trabalhando com o lado desfavorável do relacionamento com Deus, vendo tudo do seu próprio modo, baseando-se em sentimentos e métricas próprias. Como ele poderia saber que não estava havendo capacitação interior? Acontece que parte da capacidade humana de interação, mantem-se firmada naquilo que lhe faz sentido, assim se a pessoa sabe, ela confia demais naquela capacidade; se ela não sabe, tende a ignorar até a possibilidade da existência do tema. Isso é a afirmação de que tudo o que existe eu sei e tudo o que eu não sei, simplesmente não existe. Uma citação bíblica muito valiosa foi dita e escrita pelo Apóstolo Paulo aos Coríntios. “Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós” (2 Co 4.7). O contexto dessa citação, ele está falando da excelência do conhecimento de Deus em Cristo Jesus. Outro ponto importante a ser considerado na maneira de Moisés se expressar, é as Palavras de Deus conversando com ele não produzira algum tipo de conhecimento transformador. Seria a primeira vez que as Palavras de Deus não produziram nada, foram ditas, enviadas com um propósito e voltariam para Deus sem nada acontecer. Isaías no futuro disse que isso não acontece. “Porque, assim como desce a chuva e a neve dos céus, e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir, e brotar, e dar semente ao semeador, e pão ao que come, assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei (Is 55.10,11). Para finalizar sem enfeitar muito o pavão, preciso deixar claro para vocês e para mim também, que nossas experiencias pessoais não validam as Escrituras, mas são elas que validam a nossa experiencia. A Palavra permanece para sempre, independente do que sei, faço ou experimento. Ela é Palavra de Deus e sempre será transformadora. Moisés veio a experimentar isso mais tarde com a maturidade no caminhar com Deus.

Adoramos aquele que era, que é e que há de vir, o Senhor Todo-Poderoso na pessoa de Jesus nosso Senhor. Cremos de todo o nosso coração no poder do Senhor para influenciar e transformas nossas vidas em instrumentos de bênçãos para alcançar muitas outras vidas. Obrigado por investir em nós, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s