Sem Palha

Meditação do dia: 26/04/2022

“Daqui em diante não torneis a dar palha ao povo, para fazer tijolos, como fizestes antes: vão eles mesmos, e colham palha para si.” (Ex 5.7)

Sem Palha – Não se trata de cultura inútil, mas de detalhes do cotidiano que pode fazer muita diferença na vida. Os hebreus estavam servindo como construtores das obras faraônicas, e todos as etapas das obras ficavam sob responsabilidades deles, desde a fabricação de tijolos, até a finalização das construções. De cultura para cultura, ou devido às possibilidades de materiais disponíveis, a construção civil sobre variações significativas. Em alguns lugares se fabrica tijolos com barro comum, e depois ele é queimado e ganha consistência e resistência. Há sistemas de fabricação que não exige a queima, no interior do brasil é chamado de “adobe ou adobo.” Espécie de grande tijolo feito artesanalmente com massa de barro, mistura de capim seco, água e estrume de gado; a massa é misturada com os pés, em cavidades no solo. Depois de tomar consistência é colocada em formas e depositada ao ar livre, para secar. Era a base das construções antigas, especialmente as da zona rural. Esse definição da net, fala de capim seco – isso seria o equivalente à palha citada na Bíblia. Para agilizar a fabricação, os escravos de Faraó, recebiam no local de fabricação, os materiais necessários, como o barro, as formas, a palha vegetal, areia e etc. Essa palha em sua maioria vinha das colheitas de trigo, cevada e alguns cereais. Após o pedido de Moisés para liberar o povo para servirem a Deus, o Faraó não gostou nada e resolveu engrossar e aumentar a pressão sobre os trabalhadores, deixando de fornecer a palha para a fabricação dos tijolos. Um pequeno ingrediente que era necessário, mas de procedência distante e difícil acesso  aos hebreus, pois os proprietários de fazendas, eram egípcios e eles forneciam para o rei por serem súditos, mas não fariam a mesma coisa para com os escravos. Também poderia haver escassez, porque certamente a demanda das obras eram realmente grandes. Faraó estava punindo aquelas pessoas e sobrecarregando-as e assim, por meio da intimidação e da maior carga de trabalho, fazê-los desistirem de quererem sua liberdade. Espiritualmente, o mundo e o Diabo quer manter as pessoas presas no pecado e em ações religiosas e filosóficas, que não aliviam suas almas cansadas e quando a pessoa procura ajuda, encontra novas situações que não sendo guiadas pelo amor de Deus em seu plano de redenção, essas pobres almas serão enganadas e sobrecarregadas com mais obrigações e rituais, que as deixarão ocupadas por muito tempo até perceberem que não ajudou em nada e trouxe mais peso e desilusões. “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve” (Mt 11.28-30).

Obrigado Senhor por nos amar de uma forma tão maravilhosa, que podemos encontrar respostas e soluções. Agradecemos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s