As Novas Ordens

Meditação do dia: 25/04/2022

“Portanto deu ordem Faraó, naquele mesmo dia, aos exatores do povo, e aos seus oficiais, dizendo:” (Ex 5.6)

As Novas Ordens – Havia ordens sendo cumpridas e praticadas que daria o ar de naturalidade naquela sociedade. Uma rotina de servidão e trabalho para todos. Algo diferente estava iniciando um movimento de fé esperança naqueles corações; era a libertação tão esperada e sonhada por todos. Depois de anos de oração e expectativas, finalmente as coisas começariam a acontecer. Na minha prática de vida cristã, tenho aprendido que o início de algo não é o todo do algo; assim, o início de um processo de libertação não é em si a libertação; como o início de um processo de cura, não é a cura. Talvez você possa me contestar, quem sabe, até com razão: Pode não ser o todo, mas já é o começo, portanto está ali potencial. Uma vez que toda grande caminhada começa com o primeiro passo, isso também deve valer para as demais atividades, especialmente as promessas de Deus. Minha teoria, ainda não é uma tese, portanto aceita e comporta uma antítese, e a recebo com respeito. Mas siga o meu raciocínio: Aqueles hebreus cansados e oprimidos pela escravidão, ansiavam por um alento, algo que lhes aliviassem os sofrimentos daquela dura realidade. Alimentarem uma esperança já era suficiente para dar forças para continuar até que algo acontecesse, e agora estava acontecendo. A chegada de Moisés que não fizera parte da vida deles e portanto, eles não alimentaram nenhuma esperança partido dele, mas via com bons olhos e também como resposta de suas súplicas à Deus. Arão, que era um deles, companheiro de sofrimento, estar na liderança, dando apoio às palavras de Moisés, que segundo eles ouvira a voz do Deus de seus antepassados e que iria agir em favor deles, isso sim, catalisava um movimento verdadeiro de fé e disposição para agirem. Tanto lá, quanto cá, em nossos dias, as pessoas são imediatistas, cada um a seu modo e querem as coisas para já, agora, ou prá ontem, como já está sendo dito em nossa geração. A poucos anos, para saber uma notícia de um familiar ou amigo, escrevíamos uma carta, postava-se nos correios e esperávamos uma semana para chegar ao destino e sabendo que ele responderia no mesmo dia, mas cinco ou seis dias teríamos a resposta e isso era plausível. Hoje, enviamos uma mensagem nas redes sociais, vendo que a pessoa está on line e se ela demora mais de um minuto para ver e responder, parece uma eternidade, e normalmente já se envia mais uma série de mensagens de voz ou figurinhas com caras bravas, fumegando, soltando raios e até mesmo um punhado de interrogações, que a outra pessoa deve decifrar nossa impaciência! Isso entra para a vida espiritual e devocional das pessoas e dos adoradores, elas exigem que Deus esteja on line para elas ainda que elas não estejam para ele. Só aparecem quando precisam de alguma coisa dele. Quais eram as novas ordens do rei? Por que tão urgentes para serem implementadas? Como diziam os matutos mais antigos: “cutucaram a onça com uma vara curta!” Pedir ao Faraó, que deixe o povo ir, assim, de graça, na boa, agora, já? Deu ruim, dirá os jovens! Agora poderá ser que nem deixe mais! ao invés de melhorar, ficou pior ainda! Lembrem-se: Toda mudança provoca incômodos, diversos incômodos. Para realizar uma grande obra como aquela, muitas coisas precisavam serem mexidas, reviradas e até quebradas para abrir espaço para algo novo. Você quer o novo, sem abrir mão do velho e daquilo que só trouxe dor e sofrimento? O fato de se estar acostumado com o ruim, não significa que não se possa abraçar o bom e o melhor. Perdas, prejuízos e incômodos são caminhos no processo de crescimento, maturidade e produtividade de alto nível. Se observarmos a dinâmica do universo, perceberemos que a coisa mais constante e firme são as mudanças.

Senhor, precisamos de ajuda para compreendermos os processos legítimos que o Senhor utiliza para produzir crescimento, renovação e maturidade no teu povo e também ilustra isso pela criação em todo o universo que está em constante mutação, exatamente para ser o que está planejado, para nosso aprendizado e também produzir o louvor que a tua glória merece. Somos gratos por isso, mesmo quando não entendemos, podemos aceitar pela fé a tua sabedoria agindo de forma precisa e abençoadora. Oramos sem nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s