Quem Vai Nos Ouvir?

Meditação do dia: 26/05/2022

“Moisés, porém, falou perante o Senhor, dizendo: Eis que os filhos de Israel não me têm ouvido; como, pois, Faraó me ouvirá? Também eu sou incircunciso de lábios.” (Ex 6.12)

Quem Vai Nos Ouvir? – Por vezes me vejo como crianças em fase de crescimento, ou melhor, naquela fase dos “por quês?” que deixam os pais malucos e os irmãos até perdem a paciência com tantas perguntas e o pior de tudo que mais da metade delas, eles já sabem as respostas, já foram ensinados e respondidas por várias vezes. Deus também tem uma paciência do tamanho de um bonde! Aliás, o Senhor não TEM paciência – Ele é paciente, isso é bem diferente. “Bondoso e compassivo é o Senhor, tardio em irar-se e grande em misericórdia” (Sl 145.8 ARA). Muitos fatores perturbam a paz do coração do povo de Deus e os líderes são os primeiros a sentirem a pressão. Quando faltam resultados esperados, aparecem também os fatores de frustração e se não houver cuidados e maturidade a porta se abre para a dúvida e a murmuração; logo em seguida vem a amargura e o ressentimento. Se não prestar atenção aos sintomas iniciais, os líderes nessas condições podem entrar num processo que mais parece uma espiral que vai afunilando como num sumidouro. Isso drena todas as energias vitais da pessoa e a deixa inoperante e improdutiva. Certamente já ouvimos falar de pessoas que se tornaram “máquinas“ que funcionam no automático. Elas fazem o que estavam programadas para fazerem e o fazem até acabar de vez o que as fazem se mover. É muito sinistro, mas até um relógio quebrado, dá a hora certa duas vezes por dia. Estou utilizando essa metáfora para falar de gente boa, que foram muito úteis e produtivas e se tornaram autômatos; pastores, líderes e pregadores, cantores etc. perderam a unção original, entraram naquela espiral mecânica e funcionam no automático, porque foram treinadas para aquelas funções. Sabem fazer um sermão bíblico, mesmo que não recebam a mensagem, mas que diferença faz, poucos vão perceber mesmo – é o que alegam; outros nem sabem ou admitem que estão nesse processo. Não é raro, vermos e ouvirmos pastores perguntando porque as pessoas não os ouvem mais, ou porque os resultados não aparecem. Moisés disse isso para Deus, comparando os dois campos de atuação dele: Se os hebreus, filhos de Abraão, herdeiros das promessas, ansiosos pela libertação, não me ouvem, mesmo sendo irmão deles, quanto mais me ouvirá o Faraó! Claro, os dois públicos tinham motivações diferentes para ouvir e para não quererem ouvir a Moisés. Já passou pela sua cabeça e coração, que as vezes o que Deus deseja é que preguemos, ensinemos, mesmo que as pessoas não queiram ouvir e se comprometerem? Sim, isso é bíblico também: “E eles, quer ouçam quer deixem de ouvir (porque eles são casa rebelde), hão de saber, contudo, que esteve no meio deles um profeta” (Ez 2.5). “Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina” (2 Tm 4.2). Jesus tinha sua própria versão sobre ausência de resultados: “Quem é de Deus escuta as palavras de Deus; por isso vós não as escutais, porque não sois de Deus” (Jo 8.47). Por outro lado, Deus está trabalhando em várias frentes simultaneamente, então tanto o público alvo de nosso trabalho, quando nós mesmos estão sendo testados, aperfeiçoados e provados. É certo que aprendemos muito com as derrotas e fracassos em nossos empreendimentos. Firmamos raízes mais profundas quando não encontramos água na superfície e somos açoitados por ventos fortes constantes. “Mar calmo nunca fez bons marinheiros!”

Senhor Deus e Pai, agradecemos as lições diárias de como perseverarmos, mesmo quando não vemos perspectivas boas, mas sabemos que aquele que está no comando é sábio, grande e poderoso. O Senhor conhece todas as coisas incluindo os nossos corações, e somos gratos por nos guiar pelos teus caminhos e não pelos nossos. Assim, podemos nos consagrar e continuar na busca por sabedoria e discernimento todos os dias. Oramos agradecidos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s