Limitações Humanas

Meditação do dia: 27/05/2022

“Moisés, porém, falou perante o Senhor, dizendo: Eis que os filhos de Israel não me têm ouvido; como, pois, Faraó me ouvirá? Também eu sou incircunciso de lábios.” (Ex 6.12)

Limitações Humanas – Quando se faz comparação, corre-se o risco de superestimar ou subestimar a si mesmo. Alguns anos atrás, um conferencista nos compartilhou sobre um teste que ele fizera num voo doméstico nos Estados Unidos, que media o QI, e ele se surpreendeu com sua performance. Meses depois ele encontrou o mesmo teste no jornal que recebia em casa e pediu a esposa para fazer o teste e ela se saiu melhor que ele; mais tarde naquele dia quando o filho adolescente chegou da escola ele também aplicou o teste e o garoto foi melhor que a mãe. Ele se sentiu o “burro” da família; mesmo que à pouco tempo naquele voo, ele se achara um gênio. Quando olhamos para trás, dizemos que é muito difícil alguém chegar à altura de Moisés. Isso é fato, mas ele mesmo, ao vivo e à cores, sentia e percebia suas limitações, e temos que concordar com ele, todo ser humano, tem suas limitações a serem consideradas. No dizer de Paulo, isso já está mais do que contemplado. “Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados.
Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; e Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; para que nenhuma carne se glorie perante ele”
(1 Co 1.26-29). Quando olhamos para nós mesmos, podemos ser sinceros e honestos na autoavaliação do que somos e do que podemos oferecer para o reino de Deus, levando em conta as virtudes e fraquezas individuais. Deus chama, capacita, aperfeiçoa e envia quem ele quer e como quer; sempre com muita graça e misericórdia. Moisés se sentia limitado na área da fala, quem sabe uma questão de dicção, ou de formulação de idéias ou nada disso. Eu tenho minhas limitações e sei que cada um de vocês também tem, mas nada disso tem impedido que a obra de Deus aconteça. Somos igreja, Corpo de Cristo e funcionamos segundo a direção do Cabeça, que é Cristo e os diversos membros cooperam entre si e assim as situações são compensadas pela unidade e amor, de forma que não sobra a quem tem muito e não falta a quem tem pouco. A generosidade da fraternidade cristã entre os irmãos faz uma enorme diferença nos momentos difíceis que alguns passam e graças a Deus que todos não passamos por dificuldades ao mesmo tempo; assim, uns podem apoiar os outros. Precisamos pensar sobre a importância da comunhão e cooperação entre todos nós. a insígnia que distingue os discípulos de Jesus é o amor.  “Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros” (Jo 13.35).

Senhor, te rendemos graças por nos chamar para servir em alguma área na tua obra ministerial. Temos dons e talentos que recebemos de ti mesmo e no poder do teu Espírito Santo podemos fazer grandes coisas para tua glória. Nos consagramos ao teu serviço e pedimos graça para superarmos as nossas fraquezas e deficiências, com o propósito de glorificar aquele que nos chamou. Agradecemos em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s