Os Egipcios Saberão

Meditação do dia: 08/06/2022

“Então os egípcios saberão que eu sou o Senhor, quando estender a minha mão sobre o Egito, e tirar os filhos de Israel do meio deles.” (Ex 7.5)

Os Egípcios Saberão – Há uma história que é contada como ilustração do amor de Deus e seu plano de redenção, que muitos pregadores utilizam. Trata-se de um garotinho que possuía um barquinho de madeira que ganhara de presente e lhe era muito especial. O barquinho desapareceu e por muito tempo ele não soube dele, até que certo dia o encontrou numa vitrine de uma loja de objetos usados. Ele entrou afoitamente na loja e disse ao dono que aquele barquinho ali era dele e sumira e agora ele iria leva-lo de volta.  O homem disse que o havia comprado e que estava à venda por certo preço e essa era a condição para leva-lo. O menino voltou para casa, desfez de suas preciosas economias e juntando tudo que possuía, voltou à loja e comprou o seu próprio barquinho, e veio para casa muito satisfeito com a preciosidade que tanto lhe custara. Embora seja uma história simples, ela contém o básico da obra da redenção em sua moral. Deus criou o homem para o louvor de sua glória e ambos tinham uma amizade e uma comunhão muito especial e isso durou até que o pecado aconteceu e o homem distanciou de Deus por sua desobediência. “Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só” (Rm 3.10-12). Vendo os acontecimentos do agir de Deus através de Moisés e Arão para libertar Israel do Egito, o que estamos vendo é a obra da redenção em miniatura. O povo de Deus na condição de testemunha de Deus e de sua graça salvadora, sendo desafiados por um poder escravizador, que adotou seus próprios deuses que nada podem fazer, pois não existem, mas a mentalidade corrompida os mantém em trevas densas. Deus deseja ser conhecido de todos os povos e isso para salvação e não para juízo e destruição. A manifestação do poder do Senhor ali naquela nação, com sinais e maravilhas, desafiando a mentira dos deuses egípcios, tornando assim conhecido, não só como o Deus dos hebreus, mas também como Deus de toda a terra, de todos os povos e para todo o sempre. É muito maravilhoso ver a afirmação de Deus à Moisés, de que “… os egípcios saberão que eu sou o Senhor …” Como Ele é Senhor de todas as coisas, pode fazer afirmações que a nós humanos parecem impossíveis de se realizarem, mas não o é para ele. Tem afirmações que precisamos levar em conta a capacidade divina de cumprir sua Palavra; entre elas eu cito: “Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16.18). É Cristo quem edifica a sua igreja e nada e ninguém prevalecerá contra ela; por mais que ela seja pressionada, ela prevalecerá. “E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim” (Mt 24.14). Independente das discussões teológicas, o que Jesus disse é que o Evangelho será pregado a todas as nações antes do fim. Não me pergunte o é todas as nações e muito menos quando será o fim, ou fim de quê? Eu fico com a Bíblia!

Senhor, obrigado por fazer coisas grandes e tremendas para honra e glória do teu santo nome. Nosso desejo é cooperar para que aconteça tudo aquilo que a tua Palavra diz que acontecerá, porque de fato, acontecerá. Tu és fiel e te adoramos por isso. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s