Os Magos Não Puderam

Meditação do dia: 11/07/2022

“E os magos fizeram também assim com os seus encantamentos para produzir piolhos, mas não puderam; e havia piolhos nos homens e no gado.” (Ex 8.18)

Os Magos Não Puderam – Informação é diferente de conhecimento. Ter informação não é ter conhecimento! A experiencia é transformadora e além da realização, ela proporciona o passo a passo do aprendizado até chegar ao resultado final. Os magos do Egito estavam gostando de serem desafiados por Moisés e Arão, porque consideravam que era uma desafio de habilidades ocultas, que a maioria das pessoas não tinham conhecimento e quem vencia um desafio, se tornava mais forte ao olhos da plateia. Eles na verdade não sabiam a verdade toda; que por trás, ou acima dos dois servos, havia um Senhor Todo-Poderoso, o Criador de todas as coisas. Como já dissemos outras vezes, o fato de alguém não saber de algo, isso não significa que aquilo não exista. Tudo que eu sei não é tudo que existe ignorar isso é fatal. Porque Faraó e os magos não conheciam a Deus, isso não significava que Deus não existia ou que se existisse, não tinha poder e ainda que tivesse, não seria como o deles. O pecado cegou-lhes o entendimento. Tiveram que conhecer o que menosprezavam da maneira mais difícil. “Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora o retém até que do meio seja tirado” (2 Ts 2.7). O mal, no dizer do apóstolo São Paulo, sempre esteve agindo e um dia, em algum momento ele será tirado de circulação. Em Provérbios há uma citação interessante sobre o mal: “Ainda que o mau junte mão à mão, não ficará sem castigo, mas a semente dos justos escapará” (Pv 11.21 ARC). O pecado e o mal podem fazer conchavos, acordos, cercarem-se de parcerias e procedimentos iníquos, mas mais cedo ou mais tarde ele cai. O mal jamais prevalecerá contra o bem. Os magos do Egito, produziram alguns sinais e achavam que tinham condições de concorrer à altura com Deus. Mas logo na terceira praga eles não conseguiram reproduzir o que Deus fizera por meio de Moisés e Arão. Só Deus é poderoso o suficiente para não ficar sem recursos. Todos os homens são limitados, ainda que ajudados ocultamente pelo mal. O Salmista exortou-nos a não nos deixarmos ser arrastados para a areia movediça da ira e da inveja do aparente sucesso dos maus: “NÃO te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniqüidade. Porque cedo serão ceifados como a erva, e murcharão como a verdura (Sl37.1,2). “Quanto a mim, os meus pés quase que se desviaram; pouco faltou para que escorregassem os meus passos. Pois eu tinha inveja dos néscios, quando via a prosperidade dos ímpios” (Sl 73.2,3). Não abra mão da sua fé em Deus! Não deixe o seu coração se seduzido pelos efeitos ilusionistas do pecado. Acredite, você está do lado vencedor!

Obrigado Senhor, por nos conduzir em vitória e segurança. Confiamos em  ti e no teu poder, certos de que estaremos sempre do lado vencedor. A tua graça é suficiente para nos conduzir em cada situação. Pedimos discernimento e compreensão através do Espírito Santo, que nos dá a sabedoria do alto, e assim andaremos em fé, todos os dias, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s