Sotaque

Meditação do dia 21/09/2015

Jz 12.31Então lhe diziam: Dize, pois, Chibolete; porém ele dizia: Sibolete; porque não o podia pronunciar bem; então pegavam dele, e o degolavam nos vaus do Jordão; e caíram de Efraim naquele tempo quarenta e dois mil.”

Sotaque – Pronúncia peculiar a cada indivíduo, região ou nação.  Está relacionado à nossa fala, ou seja, à maneira como falamos e pronunciamos as palavras. (Dicionário). No Brasil, temos uma variedade tão grande de “sotaques” que é até divertido a convivência com pessoas das mais variadas regiões do pais, sem falar nas peculiaridades dentro dos mesmos estados e até de cidade para cidade. É algo tão natural para quem fala, que nem percebe até que seja comparado com o modo de expressar de outra região. Claro, não há nada de errado ou pecado, com o sotaque de ninguém; mas lemos nesse texto bíblico que 42 mil pessoas morreram por causa da pronuncia de uma palavra. Mas o que me leva a meditar nessa passagem e compartilhar com vocês, não é a situação do regionalismo brasileiro ou o histórico citado aqui, acontecido a quase quatro mil anos. Ali, havia alguns ingredientes que misturados e acrescidos a uma situação crítica, culminou num massacre de milhares de pessoas. Então eu começo pergunto: Essas pessoas morreram por causa do seu “sotaque?” Ou morreram por causa de sua mentira? Ou morreram por causa de sua atitude hostil e briguenta? Ou morreram por impiedade e atrocidade do grupo que estava no poder? Acredito que por todos esses motivos e ainda outros mais! Claro que não aprovo a guerra, muito menos uma guerra civil entre compatriotas. Existem meios mais nobres de se resolver questões e pendencias, ainda que as razões sejam ideologicamente distantes e conflitantes. É evidente que soluções simplistas para situações complexas não funcionam e não ajudam. Quando se trata de resolver problemas, o ideal é tratar da raiz, da origem e da fonte que alimenta o fato. Os homens insistem em incendiar situações de relações conflitantes para tirarem proveitos e saírem como pacificadores, ou lucrarem com a demanda provocada pelos conflitos. Atualmente, estamos assistindo estarrecidos os fatos da migração da população do Oriente para a Europa, produzindo famintos e necessitados aos milhões e mais gente se arriscando em tantas formas de tentativas de escape e sobrevivência, que parece que a única coisa a fazer e cuidar da urgência e emergência: Pão, água, abrigo e cuidados básicos… Mas por trás, tem gente (nações) vendendo armas, equipamentos, munições e fazendo caixa, tendo lucro. Tem gente, empresas já de olho no cessar fogo, porque a reconstrução vai gerar contratos lucrativos; para cada vítima daqueles milhares de sobreviventes, tem alguém lucrando, como “coiotes” vendendo a travessia e passagem de um lugar para outro, por milhares de dólares por cabeça; Já viu a frota de caminhonetes zero bala que os grupos e milícias exibem lotados de terroristas? Quem fabrica e entrega lá? Enquanto o mundo chora e lamenta um bebê que se afogou ou uma pessoa chutada por uma jornalista, milhares e milhões estão sendo massacradas e outros tantos perseguidos, mortos e quem causou o desequilíbrio de poder e o vácuo de governo legítimo, assiste tudo, apenas dizendo, “sentimos muito, vamos ajudar!”  Você acha que é o sotaque, o véu, o turbante, o nome da fé ou religião que tá provocando tudo isso? Você tem lido Apocalipse e olhado o noticiário juntando as peças? Não! Então fique de olho numa e na outra coisa! E cuide de sua fé e espere Jesus, ele volta logo!

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s