O Pecado Mora ao Lado

Meditação do dia 15/11/2015

2 Sm 11.2 “E aconteceu que numa tarde Davi se levantou do seu leito, e andava passeando no terraço da casa real, e viu do terraço a uma mulher que se estava lavando; e era esta mulher mui formosa à vista.”

O pecado mora ao lado – Essa é uma história triste e decepcionante da vida de uma pessoa de Deus, quer seja um homem ou uma mulher, Pastor, ministro ou um simples membro de igreja. O pecado faz estragos e produz oportunidades para o mal se infiltrar nas fileiras do povo de Deus. Mas podemos aprender lições preciosas com esta triste experiência do rei Davi e assim evitarmos que isso aconteça conosco e ou por perto de nós com pessoas que amamos ou está sob nossos cuidados. A primeira situação que podemos prevenir está no contexto, no verso primeiro; era o tempo dos reis e seus exércitos estarem mobilizados ou em combate ou em treinamento, mas só o exército de Israel e seus comandantes estavam em campo, Davi, o comandante em chefe, ficara em casa. Quando é tempo de estar trabalhando, produzindo e cuidando de obrigações, é lá que devemos estar. Todo mundo trabalhando, se esforçando e alguém de folga em casa, procurando o que fazer e o mais provável que encontre oportunidade de pecar e foi o que aconteceu com Davi. Uma segunda situação importante, era que Davi, estava ocioso, e sem nada de útil para fazer – não creio que era porque realmente não havia nada de trabalho e coisas de interesse de estado, que deveria estar ocupando sua atenção; ele se permitiu ficar ocioso e ao invés de fazer algo útil, foi tirar uma soneca preguiçosa à tarde e quando acordou, todo suado, bocejando e espreguiçando, foi para a sacada ou o terraço de sua casa e de lá do alto, teve a possibilidade de ver a vida dos vizinhos e entre eles, bisbilhotou uma mulher bonita, tomando banho. Numa situação dessa, o caráter é que faz a diferença e o desejo de manter um coração puro, leva a pessoa a se afastar da tentação e de dar os próximos passos, e foi exatamente o que o rei Davi não fez. Uma terceira coisa, e um passo rumo a uma aventura perigosa, que até aqui era puramente casual; ele mandou alguém que estava sob seu comando para investigar e procurar saber disfarçadamente, quem era aquela pessoa e com essa informação ele foi mais longe, usando o seu poder e influencia trouxe a mulher para o palácio e se envolveu fisicamente com ela. Hoje, isso seria assédio sexual, com processos que causariam danos irreparáveis à imagem real. Tiago nos diz o seguinte: “Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. Não erreis, meus amados irmãos.” (Tg 1.14-16). Se somos tentados por aquilo que nos atrai, então precisamos tomar cuidado, porque seremos tentados por coisas atraentes e cativantes, mas isso leva a caminhos de morte. Corte o mal pela raiz, já no começo. Como finalizou Tiago “Não erreis, meus amados irmãos.” Fique esperto!

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s