O Melhor Conselho

Meditação do dia 21/11/2015

2 Sm 17.14 “Então disse Absalão e todos os homens de Israel: Melhor é o conselho de Husai, o arquita, do que o conselho de Aitofel (porém assim o Senhor o ordenara, para aniquilar o bom conselho de Aitofel, para que o Senhor trouxesse o mal sobre Absalão).”

O melhor Conselho – Sempre que leio este texto e outros similares, não posso deixar de pensar nas verdades que a Palavra de Deus, diz sobre a sabedoria de Deus, para tratar com os homens. Mesmo sabendo que nossas melhores qualidades nos foram dadas por Deus e que quaisquer que sejam os poderes e competências que se adquire, elas são delegadas ao homem pela autoridade maior, que é Deus, a origem de todas as coisas. Mas, na sua vaidade, as pessoas deixam o poder subir na cabeça e se acham auto suficientes e competentes a tal ponto de se tornarem soberanos e senhores do saber. Mas, é claro, um dia a casa cai! O Rei Nabucodonosor, rei da Babilônia, quando no seu auge, soberano sobre todos, como império mundial da época, deixou-se levar por esse caminho e aprendeu da maneira mais difícil possível. Olha o que disse Daniel sobre Deus: “Falou Daniel, dizendo: Seja bendito o nome de Deus de eternidade a eternidade, porque dele são a sabedoria e a força; E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos. Ele revela o profundo e o escondido; conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz” (Dn 2.20-22).  Te aconselho ler o capítulo 4 de Daniel e ver como a soberba do rei foi pro água a baixo. Como escrevi na meditação de ontem, Aitofel era uma pessoa muito respeitada e sábia, com bons conselhos e da confiança de todos, incluindo o rei; sua palavra quando consultado, era como uma palavra de Deus. Mesmo o seu coração estando amargurado e ressentido, ele continuava habilidoso e arguto de mente, o que o tornava muito perigoso, porque poderia induzir ao mal caminho sem levantar suspeitas, e a sugestão dele para Absalão faria todo sentido e teria tudo para dar certo, exceto, por uma intervenção divina, que já estava à caminho através da pessoa de Husai, em resposta a oração de Davi, que previu essa possibilidade. É aí que entra a vida de oração e o temor de Deus. No livro de Jó há uma verdade importante sobre isso: “Ele aniquila as imaginações dos astutos, para que as suas mãos não possam levar coisa alguma a efeito. Ele apanha os sábios na sua própria astúcia; e o conselho dos perversos se precipita” (Jó 5.12,13). No Novo Testamento Paulo escreve praticamente as mesmas palavras… “Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia. E outra vez: O Senhor conhece os pensamentos dos sábios, que são vãos” (1 Co 3.19,20). O melhor conselho, é temer a Deus e andar nos seus caminhos, e contar com a ajuda de Deus. Homens inteligentes e sábios, também podem cometer erros, especialmente quando colocam seu potencial a serviço do mal.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s