Correção é Coisa Boa

Meditação do dia 26/04/2016

Jó 5.17 “Eis que bem-aventurado é o homem a quem Deus repreende; não desprezes, pois, a correção do Todo-Poderoso.

 Correção é coisa boa – De pronto, associamos correção e disciplina á vida das crianças e de alunos. Claro que essas categorias de pessoas realmente estão numa fase de suas vidas e do processo de formação que exige correção e disciplina, mas todos nós precisamos de correção e isso se aplica em qualquer área da vida. Pensando em termos espirituais, precisamos mais ainda, pois isso visa a qualidade e a durabilidade da vida, que cremos ter em Cristo Jesus. Todo cristão acredita na vida eterna, como uma possibilidade real, alcançada pela graça de Deus através da fé em Jesus e no seu sacrifício lá na cruz. Devemos viver e agir em conformidade com aquilo que acreditamos, senão nossa fé e nossa vida deixa de ter sentido e propósito. Portanto, se viveremos eternamente, e em breve, sairemos dessa plano físico e terreno, para posse de um novo corpo e uma nova etapa, com a ressurreição corporal, ou a transformação do corpo físico por um espiritual, perfeito e adequado as condições de onde iremos, e para o tipo de vida e trabalho que ali realizaremos, então é justo, lógico e natural aprendermos tudo o que nos for possível, nos disciplinarmos para compreender e adaptar-nos a esses eventos iminentes que aguardamos. O que esse amigo de Jó disse a ele, dentro de um contexto de exortação, confere com o pleno ensino bíblico, de que ser disciplinado ou corrigido por Deus, deve ser encarado e recebido com muita alegria, porque se o próprio Senhor nosso Deus, está empenhado e dando atenção a minha pessoa e minha vida, visando o meu bem e o meu aperfeiçoamento, eu também devo se ver como um privilegiado e alinhar-me com essa vontade divina. Como pais, ou mesmo como pessoas, temos visto o resultado desastroso de pessoas que não acatam correções, orientações e disciplinas, quer dos pais, quer de instrutores e autoridades. O rei Salomão disse que A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe (Pv 29.15). Se falta de disciplina prejudica uma criança em seu desenvolvimento, imagina se isso também não é prejudicial à vida de adulto, ou a vida de um filho de Deus e adorador? Precisamos de humildade, para admitir que precisamos ser corrigidos e disciplinados. É mais fácil acusar os outros de ser radicais, estar nos perseguindo, não respeitar “nossos direitos,” e quererem se intrometer em nossa vida particular…. reconheçamos, somos difíceis e não gostamos que apontem nossos erros e defeitos… Mas se alguém está em Cristo é nova criatura, e as coisas velhas já passaram e tudo se fez novo. Mudanças de atitudes, de posturas, fazem parte agora da nova vida.

 

Senhor, graças por tua bondade e cuidado que manténs para conosco; e sendo o nosso Senhor e Salvador, tens o pleno direito de nos corrigir e nos disciplinar para aproveitamento nosso. Rebelião, resistência e dureza de coração já fizeram parte de nossa vida no passado, quando ainda éramos dominados pelo poder do pecado. Agora, somos novas criaturas e o Senhor tem planos grandes e firmes para nossa agora e na eternidade. Corrija-nos, discipline-nos, com a tua mão forte, firme, mas amorosa. Em nome de Jesus, amém!

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s