O Que é o Homem?

Meditação do dia 28/04/2016

Jó 7.17,18 “Que é o homem, para que tanto o engrandeças, e ponhas nele o teu coração, E cada manhã o visites, e cada momento o proves?

O que é o homem? Essa pergunta já foi feita em todos os aspectos possíveis. As respostas que se conseguem para ela, variam muito, porque as variantes e os pontos de vistas também são muitos. Se tentarmos uma abordagem física-material, e desmontarmos uma pessoa e reduzi-la aos materiais básicos de sua composição, veremos que o valor é muito pouco. Sãos poucos quilos de gordura, outras frações de metais, como ferro, zinco, etc e minerais e sais então são baixíssimas quantidades que valem pouco. Também estamos falando aqui, não da pessoa, mas apenas do seu corpo físico. O ser verdadeiro, é um espírito, que possui uma alma e habita num corpo. Quem realmente tem valor e utilidade é a pessoa, que nesse caso é imaterial; é ela que pensa, sente, escolhe e vive. Se observarmos do lado social, somos indivíduos que desempenhamos um papel social e embora alguns sejam de muita importância e valia pela sua contribuição, todos são falíveis e mortais e assim, mais cedo ou mais tarde, deixará o seu lugar para outro. Talvez daí venha a máxima de que ninguém é insubstituível. Mas há também a possibilidade de vermos o que é o homem, do ponto de vista daquele que o criou, e aqui está a chave para a verdadeira avaliação do que somos e do valemos. No Salmo 8, há uma reflexão muito valiosa da criação de Deus e isso inclui o homem. Lá diz: Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites? Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste (Sl 8.4,5). Foi feita a mesma pergunta que Jó, e acrescentada uma observação importante sobre sua criação; ele foi criado um pouco menor que os anjos, mas coroado de glória e de honra. Coroado de gloria! O que é isso? Por definição, “Glória” é aquele sentimento de dignidade. Sentimento de grande valor de ser alguém; aquele sentimento de aceitabilidade, de legitimidade. Por dentro, lá no íntimo, toda pessoa, sabe o que ela é de fato e de verdade, sabe que sua origem muito a dignifica. O trabalho do pecado de destruir a imagem de Deus na pessoa é que a deixa vazia e confusa, autodepreciativa. Mas de fato, você e eu somos extremamente valiosos por pelo menos três motivos: Por causa daquele que nos criou; por causa daquele que nos ama e por causa do valor que foi pago por nós. Isso deve responder bem e dar espaço para redirecionar a vida. Você é especial, do começo ao fim!

 

Obrigado Senhor, por me dar dignidade e valor, desde a criação, antes mesmo que eu fizesse qualquer coisa boa para merecer, ou qualquer coisa ruim para desvalorizar-me. Entendo que o meu valor é determinado pela minha origem, eu fui criado por ti, sou obra de tuas mãos e criado para um propósito. Me amar tanto, até chegar a dar teu filho para morrer em meu lugar, confirma que tenho valor e dignidade. A vida de Cristo dada na cruz como preço de redenção, me torna valioso e precioso aos teus olhos. Obrigado pela redenção em Cristo Jesus! Graças de te dou, por viver e existir dentro de um plano e um propósito tão especiais, feitos sob medida para mim. Graças Pai, pois a cada um de teus filhos, isso se repete e todos somos amados, aceitos, e bem-vindos à família de Deus. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s