O Lado Social

Meditação do dia 23/08/2016

Sl 82.4 “Livrai o pobre e o necessitado; tirai-os das mãos dos ímpios.

O lado social – Explicações e justificativas nunca faltarão sobre a presença de pobres e necessitados no mundo. Desde que temos registros das atividades humanas em sociedade, também aparecem os relatos dos menos favorecidos. Nem mesmo a Bíblia explica ou justifica tal presença. Os fatores que produzem pessoas em estado de pobreza e necessidade são os mais variados e causas prováveis surgem e desaparecem o tempo todo. Políticas de governos e estados, fazem as duas faces dessa moeda; decisões boas produzem riquezas e trabalho e por outro lado, decisões ruins levam sociedades à penúria. Pessoas individualmente tomam decisões e atitudes que as colocam em situações de risco, como também as fazem sair da pobreza. Espiritualmente está mais do que comprovado que o pecado incrustrado nas pessoas e numa sociedade, que é afetada por suas práticas. Como cristãos, entendemos que a bênção de Deus faz prosperar e a maldição, ou ausência da bênção atrai a miséria e a carência. Ainda nessa área, a crença da pessoa é determinante para sua condição de vida. Se a fé dela não a estimula a crescer e desenvolver seu potencial, dando sentido e propósito a sua vida, certamente ela irá se acomodar com a condição e viverá resignadamente, como se aquilo fosse determinado e sem possibilidades de sair. Os cristãos dos tempos da Reforma protestante, entenderam bem a doutrina da mordomia bíblica e o propósito de usar a influencia como meio de comunicar o Evangelho e assim se impulsionou o desenvolvimento humano e surgiram as universidades, os aperfeiçoamentos, as artes e as transformações que o mundo todo experimentou. Algumas correntes dentro do cristianismo evangélico se formaram, dando ênfases diferentes no peso que o trabalho social tem na chamada Grande Comissão; assim algumas igrejas se empenham muito no trabalho e desenvolvimento social, enquanto outras vêm esse lado apenas como um campo missionário ou oportunidade de crescimento e visibilidade. Acredito que precisamos pregar o Evangelho todo ao homem todo, sem me apegar a essa ou àquela bandeira de movimentos. O Ensino apostólico e bíblico como um todo, é que precisamos cuidar dessas pessoas, suprir suas necessidades e comunicar-lhes o amor e a graça transformadora de Cristo. Corpo sem espírito é defunto, espírito sem corpo é fantasma, então Evangelho sem assistência aos necessitados é uma teoria religiosa caricata, enquanto assistencialismo, sem o poder transformador é qualquer coisa, menos Evangelho. Também esse tema não é tanto para ser debatido e estudado, mas praticado, levado à efeito.

Senhor, graças te dou por ser Deus grande e poderoso, que fez todas as coisas e projetou recursos e meios para que todos tenham o necessário e o suficiente. Reconhecemos que o pecado do egoísmo é a principal fonte da desigualdade entre os homens; mas o Senhor é rico e generoso em supri com abundancia para que tenhamos condições de abençoar a outros e assim revelar o teu amor que está em nossos corações. Tudo é teu e tudo é para tua glória e assim queremos estar prontos para servir e dar oportunidade para que as orações dos necessitados, órfãos, viúvas, doentes e flagelados vítimas das adversidades da vida, sejam atendidas em tempo e haja o louvor devido ao teu nome. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s