Salada ou Picanha?

Meditação do dia 14/11/2016

Pv 15.17 “Melhor é um prato de hortaliças onde há amor do que o boi cevado e, com ele, o ódio.

 Salada ou Picanha? – Nós brasileiros somos adeptos da boa comida e nossas churrascarias fazem muito sucesso; até mesmo os gringos se rendem ao nosso “boi na brasa.” E Convenhamos, é muito bom mesmo! Mas o criador desses provérbios estava indo mais longe do que discutir o prazer de uma boa comida ou de uma dieta saudável. As refeições estão inseridas em contextos sociais e familiares, que vão desde a necessidade de alimentar-se, até as grandes celebrações da vida e da fé. Refeições podem ser grandes eventos, promotores de grandes encontros e trazer alegrias e satisfações. Em situações normais, preferimos sentar-nos à mesa com pessoas com as quais temos afinidades, apreço e consideração. É bastantes indigesto trazer um inimigo para estar na mesa com amigos e familiares. Por si só, a boa mesa estará sempre cercada de comunhão e fraternidade. Há muitos e fortes indícios de que Jesus era alguém “bom de garfo”, pois ele faz tanta referencia a comer e estar na mesa com pessoas, e para Zaqueu, ele até se convidou para um jantar especial. Na noite em que foi preso, antecipando sua morte, ele celebrou com seus seguidores numa ceia e até instituiu a celebração do hoje chamamos de “Ceia do Senhor;” e ele pediu para fazermos isso sempre, até ele voltar. Na igreja dos dias apostólicos, se celebrava a ceia juntamente com uma refeição, mas que os exageros de alguns na comilança e no vinho, levou os cristãos a restrição que perdura até agora, apenas com o partir do pão. Jesus também disse que ao chegarmos no céu, seremos recepcionados com uma grande ceia, um banquete literalmente celestial. No nosso texto de hoje, se faz uma comparação necessária, levando em conta os valores mais elevados da vida e dos relacionamentos humanos. Nesse sentido, é preferível uma saladinha básica de verduras e legumes, bem temperadinha, para ser saboreada por pessoas que se amam e se gostam e cujos valores familiares de amizade, comunhão, gratidão por aquilo que se tem, estão acima de quaisquer outros. Ter picanha, cupim casquerado e outras delícias, mas indigestas pelo ambiente hostil de amargura e ressentimentos, onde as rivalidades por posições de quem manda mais chora menos ou as únicas coisas boas ali sejam as comidas caras e bem preparadas, mas que não se tornam apreciáveis e prazerosas. Assim como a vida não pode e nem deve ser medida pela abundancia do que se possui, na mesma linha estão os ingredientes da mesa. Cristãos, filhos de Deus, devem ser conhecidos e respeitados, admirados pela grandeza de suas relações humanas e capacidade de perdoar, ajudar e reconciliar. É muito triste vermos “ministros da reconciliação” agindo de forma irreconciliáveis, se separando, rachando e ausentando-se da comunhão; isso é incompatível com a essência da nossa fé. A grande questão não é se comemos picanha ou salada de chuchu, mas é a disposição de nossos corações para relacionamentos saudáveis e construtivos. A boa mesa do ponto de vista cristão, é aquela onde na cabeceira (onde quem senta, paga a conta), está Jesus como convidado especial e abençoador de tudo o ali for servido, e se precisar, ele pode até fazer um milagrezinho ou multiplicar alguma coisa, para que a comunhão permaneça por mais tempo.

Senhor, graças de damos, pelo pão nosso de casa dia, e pela generosidade que o Pai tem demonstrado para conosco, suprindo e provendo com abundancia em todos os sentidos. Pedimos uma simplicidade de coração e um prazer em ter aquilo que obtemos pela bênção do Senhor através de trabalho honesto e recursos abençoados, onde o Senhor é bem vindo também à nossa mesa. Obrigado por paz que excede a todo o entendimento e que guarda o nosso coração e o nossa mente, e assim podemos desfrutar dos esforços de nossos trabalhos e prover o suficiente para nossas famílias. Obrigado pela provisão alimentar, nossa e de todos os teus filhos, ainda que para alguns isso dependa de um milagre, e contamos com isso para abençoá-los em teu nome. Amém!

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s