Uma Piedade Impiedosa

Meditação do dia 16/08/2017

Zc 7.5 – “Fala a todo o povo desta terra, e aos sacerdotes, dizendo: Quando jejuastes, e pranteastes, no quinto e no sétimo mês, durante estes setenta anos, porventura, foi mesmo para mim que jejuastes?”

 Uma Piedade Impiedosa – Tenho que admitir que as vezes Deus faz perguntas difíceis! Não porque não saibamos a resposta, mas porque responder honestamente implica em nos deixar desconcertados. Como já disse outras vezes, quando Deus faz uma pergunta, necessariamente ele não espera uma resposta, mas uma atitude; afinal, ele é onisciente e todo poderoso, ele não precisa perguntar para saber algo. Quando vejo textos como esse onde o Senhor reivindica o óbvio, me ponho a pensar, porque falhamos tanto em coisas que não deveria ter falhas. Mas acontece! Temos culto que não é culto; temos fé que não crê em coisa alguma; temos dúvidas até das nossas dúvidas; oramos sem orar nada; pedimos sem pedir; entregamos sem nos render e praticamos coisas sem fazer nada de fato. Minha mãe, dona Alice, contava-nos quando menores a história de uma senhora muito religiosa e prá lá de “piedosa” que jejuava assiduamente, várias dias na semana, todos os dias de sua vida; ele morava na roça e a cada jejum ele colocava uma pedrinha no oco de uma velha árvore morta. Quando ele morreu, chegou no céu e queria logo entrar na posse de sua fortuna espiritual acumulada ao longo dos anos com muito jejum e sofrimento; mas ficou muito decepcionada quando o anjo mostrou para ela que de fato, no depósito dela só havia uma única pedra marcando um jejum e fora a única vez na vida toda que ela esquecera de colocar a pedra. Aqui, o profeta Zacarias faz a pergunta difícil: “Aquilo que voces faziam, jejuando e pranteando, duas vezes por ano em solenidade religiosa, durante setenta anos, era pra mim?” Uau! e ninguém me avisou? Um pastor, conhecido, gostava de fazer pregações com títulos “espirituosos” como: As sete coisas que Deus não vê – as seis coisas que Deus não tem – as cinco coisas que Deus não pode… e por aí… era divertido! Mas aqui parece que Zacarias revelou algo assim… Até Deus estava impressionado, pois ele nem imaginava que aquilo era piedade e devoção! parecia que eles gostavam anualmente passar um período de tempo sem comer e depois comiam mais que lima nova, pior que ferrugem… então o Senhor achava que era um festival de “passa-fome-se mata de comer” tipo esses festivais de quem come mais torta, hamburguer, hot dog, etc. É incrível, mas tem gente fazendo a obra de Deus e ele nem sabe disso; tem gente crente demais e o Senhor ainda não percebeu. Será por que?

Pai, estenda a tua misericórdia sobre nós, em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s