Folhas de Figueira

Meditação do dia 24/10/2017

Gn 3.7 – “Abriram-se. Então, os olhos de ambos; e; percebendo que estavam nus, coseram folhas de figueira e fizeram cintas para si.”

 Folhas de Figueira – A necessidade faz a oportunidade. A necessidade de cobrir a vergonhosa nudez despertou a criatividade neles para confeccionar vestes para si. Então, a indústria da confecção, também iniciou-se em Gênesis e aperfeiçoou ao longo dos dias. Espiritualmente, pensar nessa situação, produz momentos de aprendizagem que podemos considerar relevante para nossas vidas. A perda da autoridade moral e espiritual diante de Deus, afetou o relacionamento em todas as dimensões. Com a terra, com o trabalho, com os animais, entre eles dois e evidentemente com Deus. A vida nunca mais (?) seria a mesma. Vejo ali naquela jardim, o início de uma forma de lidar com os erros humanos que perpetuou até os nossos dias, assim, não podemos dizer que as desculpas esfarrapadas que damos para o pecado, são coisas novas, pois surgiram junto com o primeiro pecado praticado. Quando Adão percebeu que estava em falha, teve uma visão profunda de si mesmo e percebeu que estava nu. Qual seria a diferença dele olhar para seu corpo ou o de Eva e vice-versa, ontem e a partir de agora? Naquela hora provavelmente nem ele, pois tudo era muito novo, e aquela sensação de ter pisado na bola, milhares de anos antes mesmo da bola ser inventada, já agonizava no íntimo deles e estariam aprendendo a lidar com sensações nunca experimentadas antes. A nudez os incomodava, mas será que era mesmo a exposição dos corpos sem roupas, aliás, o que seria roupas naquela altura? Eles provavelmente nunca haviam visto, vestido ou ouvido falar sobre cobrir-se. Mas precisavam tomar alguma providencia, e assim, a primeira oportunidade de cobrir pra encobrir, os levou a uma figueira, que lhes forneceu folhas suficientes para formar uma cinta, ou tanga. Voces sabem que folhas verdes de qualquer vegetação, não tem grande durabilidade, então qualquer veste, abrigo, camuflagem, cobertura que se fizer é de bem pouca duração e logo terá que correr atrás de refazer o serviço. É o chamado “paliativo” ou “improviso,” e muito com o que nós brasileiros patenteamos como “jeitinho” para seguir tocando a vida. Espiritualmente os meios e recursos humanos para cobrir suas falhas e pecados não passam de “folhas” improvisadas para tapar o que não se tapa. Eu, já fiz muitas tangas de folhas de figueira nessa vida. Mas não funciona bem e não duram muito. Não há nada encoberto diante de Deus, é muito mais simples e permanente nos dirigirmos a Ele e admitir nossas fraquezas, erros, vacilos e pisadas de bola, do que ficar camuflando nossas imperfeições e negando-se à admitir que somos pecadores, somos maus e egoístas. Podemos dar até outros nomes sofisticados para justificar nossos feitos, mas no fundo é tudo folhas de figueira. A consciência do pecador o avisa de seu erro e suas faculdades racionais e emocionais começam a engendrar planos para safar-se ou não ser pego no ato, quem sabe, depois nem descubram quem fez ou como aconteceu. O Espírito Santo não acusa, nem encurrala ninguém no canto até deixar sem saída. O Espírito de Deus nos convence, com amor, graça e misericórdia; jamais ele irá nos apoiar no erro, mas jamais também nos abandonará à própria sorte. Todo processo de acusação e tormento é produzido pela ação do maligno. Ele é o acusador. Todo tipo de acusação, tem o patrocínio do inferno. O medo produz tormento, o capeta impõe medo, o pecado arrasta para esse lamaçal sujo onde todos eles atuam. O Espírito de Deus é um cavalheiro por excelência e atua ternamente no coração do homem, afirmando a verdade dos fatos, mas também a verdade da redenção disponível em Cristo Jesus. Não vá para o lado negro da força, meu irmão, minha irmã! Não vá atrás de folhas de figueira!

 

Pai, obrigado por trazer redenção ao coração ferido e ao pecador perdido. Jesus fez o melhor, o perfeito e o necessário. Nele, nós podemos confiar. Amém

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s