Tá Rindo de Quê?

Meditação do dia 23/04/2018

 “Então caiu Abraão sobre o seu rosto, e riu-se, e disse no seu coração: A um homem de cem anos há de nascer um filho? E dará à luz Sara da idade de noventa anos? E disse Abraão a Deus: Quem dera que viva Ismael diante de teu rosto!”  (Gn 17.17,18)

Tá Rindo de Que? –Se não meio trágico, até que seria mesmo engraçado. Mas a atitude de Abraão me leva a refletir sobre as minhas próprias, pois por tantas vezes me surpreendo duvidando do que acredito e até acreditando naquilo que tenho dúvidas. É mesmo meio confuso, mas a gente dá passos, toma decisões sobre bases das quais não acreditamos ou, deixamos de agir conforme aquilo que a nossa fé afirma ser confiável. Isso é ser humana? Sim, certamente; mas não podemos nos orgulhar disso, depois de experimentar a graça divina e ver ao vivo e à cores a manifestação do seu poder e à sua fidelidade. Abraão e Sara passaram a vida toda tentando ter um filho, oraram e buscaram a Deus por isso, receberam uma palavra legítima prometendo e confirmando a promessa; agiram por conta própria e criaram um Ismael e depois viram que não era aquele o caminho pelo qual Deus realizaria os seus propósitos. Viveram resignados, mas confiantes que tudo iria dar certo. A confiança deles estava colocada numa fonte segura, que era Deus, o Altíssimo, mas ainda assim eles olhavam para si mesmos e viam que as chances eram mínimas a cada dia. Eu e você não temos desculpas, pois além de nossas próprias experiências pessoais, vemos o mover de Deus na sua igreja e na vida de irmãos e irmãs em Cristo bem perto de nós e ainda temos o testemunho das Escrituras; ainda assim, vacilamos de quando em vez. Nesse dia, quando Abraão está ali, recebendo mais uma revelação do Altíssimo, com o coração cheio de fé e de temor, convicto do privilégio de ser amigo de Deus e herdeiro de promessas infalíveis, e que uma cena como a que estava vivendo, não era normal na rotina dos homens na face da terra. Para ele, tudo estava como deveria ser, de uma forma ou de outra, as promessas seriam realizadas, mas ele já estava descartado por sua condição humana física e biológica em termos de reprodução, dele e de Sara. É nesse instante que Deus lhe diz que está promovendo uma bênção especial em suas vidas, de tal modo que Sara também será abençoada e terá um filho, dela mesmo, biológico, por meios naturais de concepção. Ele, lembrando da idade dela, prostrado em adoração, aproveitou a posição para cair na risada… se não de até hoje, porque agora? Novamente ele regrediu na sua forma de ver o agir de Deus e racionalmente entendeu que Ismael seria adaptado para realizar o projeto. Já tentou encaixar uma conveniência sua, para que os propósitos de Deus desse certo? Não funciona! É gambiarra brasileira das boas! Por outro lado, como é maravilhoso ver a paciência e a paternidade divina em lidar com a gente, que somos tão instáveis e volúveis. A bênção de sermos limitados seria boa demais se aliada com a fé e ação na providencia do Senhor. Mas somos limitados, estamos conscientes disso e agimos baseados nisso e queremos reduzir o agir de Deus para o mesmo nível. Deus não precisa e nem quer se exibir com seu poder e conhecimento; ele quer agir para nos dar um ambiente saudável de comunhão, onde um lado possui tudo e todos os recursos e ama compartilhar. O outro lado é limitado, carente e age como se tivesse o controle, ao invés de simplesmente sentar e curtir a viagem com o Senhor na direção de tudo.

Senhor, a tua graça nos basta, mas até isso, precisamos aprender a confiar que nada irá nos faltar, não porque somos responsáveis ou capazes, mas porque o teu amor e a tua capacidade excede em muito os nossos limites. Somos abençoados pela amizade e comunhão que Cristo alcançou para nós lá na cruz e nos receber na sala do trono sempre foi uma alegria para ti. Obrigado por nos amar, nos compreender e andar conosco mesmo assim como somos. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s