Perguntas Difíceis das Crianças

Meditação do dia 11/06/2018

 Então falou Isaque a Abraão seu pai, e disse: Meu pai! E ele disse: Eis-me aqui, meu filho! E ele disse: Eis aqui o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto?  (Gn 22.7).

 Perguntas difíceis das Crianças – No dia 13 de Junho de 1996, cinco meses antes de completar 28 anos de idade, a Tania, minha esposa recebeu um diagnóstico de câncer e segundo os exames seria bem agressivo. Após uma segunda opinião de outro especialista, a cirurgia era o tratamento indicado. Pessoas boas e amigas nos ajudaram e ela foi interna e ficou dez dias no Hospital Amaral Carvalho em Jaú, aqui em São Paulo. Voltei para casa no mesmo dia e fui ver minhas filhas que ficara na casa de uma família da igreja, a mais velha tinha 5 anos e a caçula tinha 2 anos e três meses. Passei lá indo já para uma reunião de grupos familiares e ela veio ao portão e me abaixei para falar olho no olho com ela e então ela me perguntou: “Pai, a mãe vai voltar?” Eu só consegui assentir com a cabeça! Meus olhos marejaram e minha garganta travou, mas eu não queria que ela me visse chorar (como agora). Nunca tive dúvida da cura e até o dia que recebemos o primeiro resultado, ela estava bem fragilizada emocionalmente e chorando e eu lhe dei um abraço e brinquei com ela: “Quer apostar uma coca cola como isso não vai dar em nada?” (Por falar nisso, ela nunca pagou essa coca). Mas naquele dia foi muito difícil para mim e até hoje, eu considero essa a pergunta mais difícil que já enfrentei na vida. Só para não ficar no ar, porque despertei a curiosidade e interesse de vocês no assunto; No décimo dia de internação, momentos antes da cirurgia, chegaram os últimos resultados dos muitos exames pré operatórios e o diagnóstico era de que ela não tinha nenhum sinal de câncer. E fiemos todos os acompanhamentos necessários até a liberação final. Lá se foram 22 anos, a mais já está casada a quase 4 anos e a caçula da pergunta difícil já é advogada. A Deus todo glória e nossa gratidão e também a toda a igreja e amigos e familiares que foram mais do que merecíamos e mais do que podemos agradecer e recompensar. A razão de ter escrito sobre isso, nem era inicialmente o fato em si ou testemunho, mas para falar das perguntas difíceis que as vezes os filhos e ou as crianças fazem, como foi o caso da pergunta de Isaque para Abraão. Devido ao que aconteceu comigo, eu posso me identificar com o pai Abraão; posso entender o nó na garganta e os olhos marejados e isso não tem à ver com falta de fé ou dúvidas sobre o poder maravilhoso do Senhor em operar a nosso favor; trata, sim, do lado humano e nossa estrutura emocional, intelectual e até física, porque uma pergunta desse nível, é capaz de desconjuntar qualquer mortal. Como eu cria na cura da minha esposa, eu sei que Abraão cria que o Senhor era poderoso até para ressuscitar o seu filho, algo que não parecia muito comum, ou ele nunca havia visto ou ouvido algum depoimento de que alguém já voltara da morte por um milagre de Deus. Mas sabia que o El Shaddai, o Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra, cumpriria sua promessa de abençoa-lo por meio de Isaque com muitos descendentes; como? Isso era apenas um detalhe e Abraão podia responder ao seu filho que queria saber onde estava o cordeiro para o sacrifício. Que bom que hoje nós sabemos não só onde está, mas também quem é o Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo e nos substitui graciosamente, assumindo o nosso lugar. Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por todos, logo todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou” (2 Co 5.14,15). Não fuja das perguntas difíceis, inclusive as que vem de Deus.

Senhor Jesus, querido Espírito Santo e Pai amado; obrigado pelo trabalho perfeito e brilhantes de nos acolher em Cristo Jesus, como o Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo. Obrigado pelas curas e milagres, mais especialmente pela salvação e o direito de ser chamado teu filho, sendo assim co-herdeiro com Cristo. Pela fé podemos contemplar as maravilhas da graça e os recursos disponíveis para provisão da nossa redenção. Em nome de jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s