Abraão Levantou os Olhos e Viu

Meditação do dia 21/06/2018

 “Então levantou Abraão os seus olhos e olhou; e eis um carneiro detrás dele, travado pelos seus chifres, num mato; e foi Abraão, e tomou o carneiro, e ofereceu-o em holocausto, em lugar de seu filho.  (Gn 22.13)

 Abraão levantou os olhos e viu – Quem de nós nunca passou pela situação de procurar uma coisa e não achar, não ver, virar e revirar tudo sem sucesso? Então apelamos para a mãe ou esposa e ela chega e de primeira, mostra aquilo na cara da gente! Lá na minha terrinha, isso ainda vinha com a seguinte frase: “E se isso fosse uma cobra ou uma onça?” Olhar e não ver ou também ouvir e não escutar demonstram duas atitudes diferentes para uma mesma situação. Me faz lembrar o fundador do Exercito de Salvação, William Booth, que tinha um coração voltado para as pessoas carentes, necessitadas, desabrigadas e até em situação de miséria extrema na cidade de Londres. Certo dia ele viu um grupo de famílias e indigentes debaixo de um viaduto e comentou com a família na hora do jantar e o filho disse que também já tinha visto – ele perguntou: Quando você viu isso? Em resposta o filho disse que fora a uns dois anos atrás. A resposta deixou ele apavorado e questionou o filho: E você não fez nada!!?? Ele havia visto, mas não enxergado. Nessas situações de vermos textos sobre levantar os olhos, normalmente nossa atenção e memória volta-se para o salmo 121 onde diz: “Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra” (Sl 121.1,2). Entendo que Abraão estava concentrado no que estava fazendo, que era oferecer um sacrifício a Deus e que fora interrompido pela voz do Senhor, desde os céus para que ele não tocasse no garoto e que ele já estava aprovado no teste. Na minha imaginação, ele estava a desamarrar o filho, ou mesmo abraçado a ele, como quem o recebia de volta depois de estar morto por três dias e tudo o que ele queria ver era o rosto do filho amado; qualquer outra coisa, era superficial e de segundo plano. Para nós, pode significar estar concentrado demais em um determinado ponto, quer seja um problema, ou uma alegria exultante que nos leva as lágrimas e choro interminável, que nem ligamos para o que se passa ao redor e muito menos para nosso status ou reputação, pagar mico é o de menos naquela hora. Mas a vida continua e precisamos levantar-nos e recomeçar a vida de onde paramos naquela situação. Dá até para viajar na maionese e ver o bom humor do Senhor, dizendo à Abraão: “Ei amigo, você não veio aqui de tão longe para oferecer um holocausto? Cadê, tô esperando? E ao  levantar os olhos, o Senhor lhe mostra apontado discretamente com a mão ou com um aceno de olhar – e ao olhar para a direção apontada, uau! Não é que tem um carneirão lindo ali enroscado?!! É a vez de Abraão responder com um sinal de positivo, valeu, Senhor! A menos que tenhamos que estudar a situação ou o problema para ver como agir ou já termos a percepção que ali está a resposta, não devemos nos concentrar nos problemas, mas em Deus. Quando tudo parece confuso, complica, insolúvel, impossível, é hora de voltarmos a Deus em louvor, adoração, gratidão até acalmar nosso espírito e nos colocarmos em condições de ver e ouvir as instruções do Espírito Santo. Situações de ansiedade e agitação sempre me fazem lembrar meu professor de Velho Testamento no Semib, pastor Ricardo Linder, que nessas hora dizia para gente: “Tem que ficar calmo… por dentro também!”

Obrigado Senhor, por estar ao alcance de nossas orações e de nossa adoração em todo o tempo. Ficamos felizes em saber que Deus é o nosso amparo e fortaleza, socorro bem presente na hora da angústia. Obrigado, pelo Espírito Santo que habita em nosso espírito e nos conforma a imagem do seu filho Jesus. Obrigado, querido Deus! Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s