Levantar & Inclinar

Meditação do dia 03/07/2018

 “Então se levantou Abraão, inclinou-se diante do povo da terra, diante dos filhos de Hete.”  (Gn 23.7)

 Levantar & Inclinar – Dizem: No aspecto espiritual o caminho para cima é para baixo! Daí expressões como vistas em outros texto sagradas fazerem sentido;  Quem se humilha, será exaltado; é dando que se recebe; quando fracos, então é que somos fortes; perder a vida pelo reino, a encontra e quem tenta salvá-la, perde-a. As coisas fracas confundem as fortes, quem se diz sábio, na verdade é tolo; e tantas outras que poderíamos listar aqui. Alguém com um pouco de excesso de zelo sem sabedoria, poderia dizer que Abraão, servo de Deus, amigo, herdeiro, pai da fé e representante do verdadeiro Deus, não deveria se curvar diante de nada e de ninguém, ainda mais diante de ímpios etc e tal. A demonstração de respeito àquelas pessoas e ali estavam nobres e autoridades locais, que inclusive se reuniram exatamente para prestar condolências e respeito ao falecimento de Sara, esposa de alguém por quem todos eles tinham enorme respeito e consideração. Pelo tratamento deferido ao patriarca da fé, percebe-se que ele agregava para junto de si a simpatia e o respeito de todos. Quem sou eu para dizer algo, mas olhando pela perspectiva da Nova Aliança, Abraão entendia que o papel do líder é servir. Uma das formas dele produzir influencia do amor de Deus àquelas pessoas era servindo-as em amor e humildade. Qualquer pessoa está disposta a ouvir ou dar atenção a alguém que lhe demonstre respeito. Verdade é que Abraão estava de luto, pesaroso e com o coração dolorido, afinal ele era homem de carne e osso como eu e você e vivendo experiências difíceis para todos e que só na sua vez, a pessoa vai compreender o significado. Quem passou por um luto familiar de alguém muito próximo, pode até sentir compaixão e identificar-se com alguém que passa por isso; mas não é a mesma coisa, até o dia que ele mesmo experimentar na pele, como costumamos dizer. A vida é uma sucessão de experiências novas, todos os dias até o último dia: ninguém nunca viveu até nascer; nunca se machucou até acontecer a primeira vez; ninguém foi adolescente, jovem até que atingiu essas fases; ninguém foi pai/mãe até nascer o primeiro filho; ninguém criou um adolescente até que o seu filho chegou lá… maturidade, namoro, namoro dos filhos, casamento, casamento dos filhos, avós, bisavós, sempre haverá uma experiência ainda por vir em nossa vida. Abraão experimentava a dor mas também a solidariedade e o apoio de pessoas que estavam por perto. Todas as pessoas são criaturas de Deus, o nosso pai, que as ama e tem um plano para alcança-las com a redenção; nós, os redimidos, somos os embaixadores para que esse projeto atinja essas vidas. Deus nos amou de uma tal maneira que deu filho… e esse é o caminho de amar e servir a Deus e às pessoas. Sempre devemos estar levantados diante de Deus, mas também disponíveis a prostrar em louvor e honra ao Senhor e em serviço às pessoas.

Pai, obrigado por amar e servir-nos através da pessoa de Jesus, e pela oportunidade de compartilhar conosco o projeto de alcançar vidas perdidas através de demonstrar o teu amor, honrando e respeitando as pessoas ao nosso redor e sob nossa influencia. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s