Fortes na fé

Meditação do dia 19/07/2018

E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus,”  (Rm 4.20)

Fortes na fé – Já ouviu falar em “antifrágil?” Se trata de um neologismo, adotado nas teses de investimento financeiro do mega investidor e profundo conhecedor dos caminhos do mercado financeiro Nassin Taleb. Em sua tese ele argumenta: “O que é frágil? Aquilo que se quebra facilmente a partir de um choque. E qual o antônimo de frágil? De imediato, se diria coisas como forte, resistente, resiliente, duro, rijo e etc. Acontece que isso não é bem preciso. Se frágil é aquilo que se prejudica com o choque, seu antônimo precisa sugerir algo que se beneficia com o choque e não apenas resiste a ele. O contrário de positivo não é neutro ou zero, é negativo. É daí que vem o neologismo antifrágil – aquilo que se beneficia a partir do choque, ou seja, fica melhor depois que leva uma pancada.” Acho muito apropriado ligar isso aos relatos de como Abraão entrou e como saiu depois das provas, dificuldades e choques que recebeu na sua caminhada com Deus. Também percebemos que isso não é raridade e muito menos exclusividade do patriarca. É um processo rotineiro de Deus trabalhar em nossas vidas e não apenas nos fortalecer, mas depurar, forjar e nos fazer mais que vencedores. Quando tudo podia dar errado, levar o amigo de Deus a uma crítica situação, ele não apenas sobreviveu, mas saiu mais vigoroso, e absorveu a energia dos impactos e a tornou reverteu em benefício de sua fé. O instrumento utilizado por ele foi a adoração, a glorificação, o louvor a Deus. Ele sabia que as circunstancias não deveria influenciar sua fé e seu culto ao Senhor, que sempre estará acima de todas essas questões humanas, terrenas e efêmeras. Paulo nos ensina: Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco (I Ts 5.18). Para dar graças em tudo e em todo tempo é necessário desenvolver uma vida de gratidão; vai além de palavras, é atitude, mentalidade, conceito de reino de Deus. Tiago vai pelo mesmo caminho: Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações; sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência. Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma(Tg 1.2-4). Ao invés de chiar, reclamar, protestar, entrar em crise, surtar, sair da casinha, o irmão de Jesus sugere fazer um culto de ação de graças e convidar os irmãos para participar da nossa alegria porque estamos passando por fortes tentações e provações. Em vez de concentrar na dor do momento, somos estimulados a vibrar de alegria pelos resultados finais desse tempo difícil. Aconteça o que acontecer, sairemos muito melhores do entramos. Aos romanos lemos a mensagem de Paulo: E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança. E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado (Rm 5.3-5). Podemos e devemos nos alegrar e até se gabar das lutas e provas que surgem na vida, não por masoquismo, gostar de ser torturados ou atitudes mórbidas e autoflagelação; mas por antever os maravilhosos resultados para nossa intimidade com Deus, crescimento espiritual e capacidade de servir, após as lutas. Observe o que se passa na vida de um atleta de auto rendimento em fase de treinamento para uma grande e importante competição? Quando ele sobe ao pódio, ele diz: “valeu tudo o que sofri, tudo o que abri mão, as dores e tudo mais, faria tudo de novo!” Então, as lutas, provas, tentações são nossos ativos antifrágeis, pois ao final não só resistiremos, como nos beneficiaremos delas. Quero fechar hoje, lançado mão de um versículo de Rm 8.28 como nossa oração antifrágil de hoje:

 

E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” Em nome de Jesus, amém!

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s