Fortaleza X Tijolos Empilhados

Meditação do dia 02/10/2018

 “Então disse Sarai a Abrão: Meu agravo seja sobre ti; minha serva pus eu em teu regaço; vendo ela agora que concebeu, sou menosprezada aos seus olhos; o Senhor julgue entre mim e ti.”  (Gn 16.5)

 Fortaleza X Tijolos Empilhados – Uma cena de guerra, com tiros, bombas, e todos os aparatos de destruição sendo utilizados, para alguém se proteger, ela se valerá do que lhe for possível e mais próximo, tendo em mente um plano de buscar um abrigo com proteção mais permanente e preferencialmente intransponível ao inimigo e sua artilharia. Essa mesma cena pode ser vista na vida real de uma pessoa conforme o modelo divino para sua existência. Ao criar o mundo como o conhecemos, Deus o fez para nele colocar as pessoas para habitarem e nele viverem com qualidade de vida. Antes de colocar o primeiro homem, todo o seu habitat foi cuidadosamente preparado recebe-lo. Um jardim muito aprazível, com todos os ingredientes necessários à vida humana e ao seu potencial de desenvolvimento foi preparado. Quando tudo estava pronto, então no sexto dia Deus fez o homem e posteriormente a mulher e assim os abençoou e os instituiu como família e dali viriam todos os demais humanos, geração após geração, dentro de um contexto de família, de estrutura suficiente para receber uma nova vida nas condições iniciais e até chegar a fase adulta e começar todo o processo. Nunca foi intenção de Deus, que pessoas nascessem sem um lar, sem um núcleo familiar que o acolha, lhe dê as devidas garantias de proteção, cuidado e amor. É dentro de um contexto de família assim que os filhos recebem a transmissão de conhecimentos afetivos, culturais, educacionais, vacacionais, espirituais e também nos campos das habilidades e técnicas para que o seu potencial aconteça e ela ocupe o seu lugar na sua sociedade. Ainda que varie de cultura e região, mas a união familiar, mais popularmente conhecida como “casamento” é uma instituição divina, eterna e com propósitos que se alterados, resultarão em prejuízos muito grandes para todos e em todos os níveis. O casamento é uma “Vereda Antiga” (Jr 16.6). Seguindo os conceitos da cultura hebraica antiga e da fé cristã que é herdeira da fé e cultura hebraica; o conceito de família, da forma que nos é apresentado na Bíblia, cria uma espécie de muro de proteção, uma verdadeira fortaleza para proteger os que estão lá dentro e isso inclui os que nascerão dentro dessa aliança de bênção. Assim como os pássaros constroem seus ninhos de forma que sirva de abrigo, acolhimento e proteção para os filhotes, assim as pessoas formam famílias, que não são apenas a junção de duas pessoas; mas uma união, celebrada entre elas e suas famílias originais, com rituais que marcam as etapas que constituem todo o processo. A etapa final, que a celebração em si do casamento é o ponto alto de tudo. Em todas as culturas isso é celebrado diante de uma autoridade que expresse a fé e as convicções do casal. A presença de convidados, padrinhos e as várias etapas de rituais simbólicos, declarados, trocados e confirmados verbalmente até a declaração final do oficiante de que “os declaro marido e mulher….” Isso não é só fantasia, rituais vazios ou só para criar um clima ou ocupar parte do tempo de uma festa. À partir daí, existe uma família, com proteção e garantias espirituais eternas e uma criança nascida ali dentro, está nascendo dentro de uma fortaleza. Ainda que lá fora a guerra esteja estabelecida, aquela criança nascerá, dentro de uma estrutura forte o suficiente para protege-la. Crianças concebidas e nascidas fora desse círculo de bênção e aliança, vem a esse mundo desprotegida pela irresponsabilidade e imaturidade dos pais; é como se ela estivesse sendo protegida por tijolos empilhados, ainda que seja do mesmo material que se constrói uma fortaleza, uma pilha de tijolos não é uma fortaleza. Pessoas maduras física e biologicamente, são capazes de gerar um filho, mas isso não é família, isso não é um lar, isso não é o projeto original de Deus e não tem as garantias. O fato dessa criança vir sendo amada, protegida financeiramente, não torna isso um projeto de Deus e não é a mesma coisa. Resultados de prejuízos surgirão posteriormente. Deus tinha um projeto para Abraão gerar um filho com Sara sua esposa e dar continuidade nas alianças e promessas, incluindo a messiânica. Abraão e Sara convencionaram fazer do jeito humano, já que “do jeito de Deus não iria acontecer por sua esterilidade;” Assim Agar entrou na história e Ismael foi concebido e das sete etapas da vida de uma pessoa em que ela precisa ser abençoada, esse garoto perdeu já na concepção o direito da primeira bênção e consequentemente as outras também, até uma intervenção divina para que ao menos as duas últimas não lhe escapasse. Já ouviu falar que FAMÍLIA É UM PROJETO DE DEUS? Projetos de Deus são bem feitos; tem começo, meio e fim; fazem sentido e tem propósitos. Filhos devem vir ao mundo dentro de um contexto de identidade e destino, abençoados e confirmados.

 

Graças, Senhor, pelos teus caminhos que são veredas planas e que produzem descanso para nossas almas. Não somos obras do acaso ou um descuido dos nossos pais e muito menos um capricho da natureza. Somos obras de tuas mãos, criados segundo um propósito grande, eterno e maravilhoso com todos os detalhes e pormenores registrados por ti, que nos conhece profundamente antes mesmo de nossa existência aqui. Bendito seja a tua aliança com Abraão e sua posteridade, que Cristo, em quem temos a redenção, pelo seu sangue. Abençoa, ó Senhor aqueles que vieram a esse mundo em meio a uma guerra de ignorância e despreparo, sem a devida proteção e bênção, mas que agora foram acolhidos em Cristo e receberam um novo nome, uma nova identidade ao se tornar uma nova criatura. Revele a eles a grandeza da tua glória e graça na redenção, removendo todas as marcas do pecado e suas consequências, para que eles vivam a plenitude da vida em Cristo Jesus. Agora são acolhidos na família de Deus e agora têm um Pai, uma família e muitos irmãos e amor incondicional, abrigados na obra da cruz do Senhor Jesus, em nome de quem oramos agradecidos, amém.

 

Pr Jason

 

PS: O texto de 30/09/18 = Gl 4.24

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s