Descendencia Numerosa

Meditação do dia 04/10/2018

 “Disse-lhe mais o anjo do Senhor: Multiplicarei sobremaneira a tua descendência, que não será contada, por numerosa que será.”  (Gn 16.10)

 Descendencia Numerosa – Quando lemos a nossa Bíblia, encontramos histórias e relatos que são muito reais e alimentam a nossa fé em Deus e nos seus planos. Passamos a ver as promessas como um legado que também diz respeito a cada um de nós. Aceitamos com alegria que somos herdeiros da fé dos patriarcas e assim a aliança de Deus com um povo, deixa de ser algo distante e impessoal e cabe um quinhão a todos nós. Ali está também a nossa história e o nosso futuro, com todos os direitos e privilégios, bem como todas as responsabilidades e deveres da fé. Contudo, alguns aspectos, ficam relegados ao plano cultural, que o tempo e as eras se encarregam de ir dissipando como se fossem dunas de areia no deserto. Estou falando do conceito de descendência, genealogia, que para nós ocidentais, não tanto peso e nem nos preocupamos, senão quando surge uma oportunidade mercantil, como adquirir dupla cidadania e poder desfrutar de algum privilégio das origens de algum antepassado, como europeus que migraram. Nas páginas da Bíblia, isso era contato e registrado e cada pessoa fazia questão de preservar suas origens e direcionar seus herdeiros a viver esses valores e seguir imprimindo em cada novo descendente esse orgulho de suas raízes. Vemos por exemplo, que os nossos cristãos até se aborrecem ao lerem suas Bíblias e terem genealogias inseridas nos textos; alguns alegam que aquilo não tem qualquer utilidade e nem inspiração. Sabendo que Deus não desperdiça nada e muito menos faz alguma coisa sem um bom propósito, entendemos a importância daqueles registros, pois assim podemos saber que todos, indistintamente descendem de um único casal humano; como também se confirma a legitimidade de Jesus Cristo, como homem, descendente de Adão, da linhagem de Abraão e da tribo de Judá, da família do rei Davi, portanto herdeiro legítimo do trono da nação. Eu, por exemplo, até pouco mais de um ano atrás, só conhecia os nomes de meus avós; pessoalmente apenas o avô materno e a Avó paterna; quando bateu aquela curiosidade e perguntei então aos meus pais, quem eram e que lembranças eles tinham de seus avós; daí em diante minha linhagem se perde. Vendo o valor que Deus atribui à família, a geração de filhos e descendentes por gerações infinitas, com as quais ele celebra alianças e faz promessas maravilhosas, que vão muito além da simples existência de uma pessoa. Aqui estamos vendo a vida e a história de Ismael, que aqui inicia com sua mãe, uma serva egípcia à quem Deus fez uma promessa quando ele ainda estava em início de formação no ventre de sua mãe. Ele então já nasceu sob uma promessa de continuidade e perpetuidade numerosa. Isso não é maravilhoso? Pense com a cabeça de Agar: ela não tinha perspectivas grandes e quem sabe até o sonho de ser mãe e ter uma lar lhe fora tirado por alguma razão que não conhecemos. Por outro lado, enquanto poderia ter vivido e morrido solitária como uma escrava de luxo nos palácios de faraó, ele foi parar numa família que lhe deu a oportunidade de conhecer a um Deus vivo e real que transformou sua realidade. Ainda que por meios discutíveis ela gerou um filho que à princípio não seria seu, mas que veio a ser unicamente dela, com a liberdade e promessa de que ele seria o patriarca de uma descendência incontável. Ismael nem tinha nascido, mas já estava registrado que seria pai de muitos filhos e poderoso através de seus descendentes. Como eu disse, eu não sei muito sobre minhas linhagens ancestrais, mas fui alcançado pela graça salvadora de Cristo e sei que sou parte de um projeto grande e muito especial, no qual inclui a bênção do Senhor sobre minhas duas filhas e, o que tem pela frente!?  Não sei; mas sei que será maravilhoso! Tenho trabalhado e imprimido isso na mentalidade dessas duas herdeiras e da geração sob minhas responsabilidades pastorais. A Monte das Oliveiras trabalha para produzir e cooperar com as próximas gerações para que sejam vencedoras, poderosas, cheias do conhecimento e do poder de Deus para fazerem a diferença nos seus dias. Não vivo e nem trabalho pensando que a hora que Jesus voltar é o fim e eu terminei tudo. O reino do qual faço parte é eterno e ela passa de geração para geração; alguns até então se tornarão imortais e eternos com Cristo que se assenta no trono e seu governo não troca de dinastia porque ele é o Princípio e o Fim, o Alfa e o Ômega, aquele que Era, que É e que há de Vir; mas haverá um novo céu e uma nova terra e o projeto original que iniciou-se no Éden, será recomeçado, para sempre e sempre, for even and even… por isso fico de olho, por exemplo: Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor (I Co 15.58)

 

Senhor, obrigado pela oportunidade da salvação e de ser adotado em tua família, com todos os direitos e privilégios. Também pela geração poderosa da qual fazemos parte e estarmos envolvidos em treinar e preparar as próximas, para que a verdade do Senhor se estabeleça e prevaleça de geração em geração pelos séculos dos séculos e vidas sejam salvas e todos glorifiquem o teu santo nome. Em Cristo, teu filho isso se tornou possível, e é nesse nome que oramos agradecidos, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s