A Fonte da Benção

Meditação do dia 13/01/2019 

Isaque semeou naquela terra, e no mesmo ano colheu o cêntuplo; e o Senhor o abençoou.”  (Gn 26.12)

 A Fonte da Bênção – Como disse na meditação anterior, esse texto tem sido muito gratificante na minha experiência sobre as maneiras que o Senhor tem para abençoar o seu povo, mesmo em situações de extrema dificuldade e quando tudo ao redor disso o contrário. Se não tivéssemos a citação textual de que a razão da multiplicação da benção na vida e nos negócios de Isaque era de fato o Senhor, teríamos um campo vasto para os adversários de plantão criarem um sem número de possibilidades e variações do porque a roça dele produzia mais e os animais dele se mantinham saudáveis e produtivos mesmo com escassez de recursos de água e pasto. Não duvido que diriam que nas andanças deles pelos lados do Egito, conseguiram uma fórmula dos faraós, que replicava os resultados das planícies do Nilo, adaptadas para os desertos da Palestina e ele mantinha esse segredo à sete chaves, (afinal sabemos bem a natureza dos hebreus para negócios). Ou que ele descobrira um fertilizante high tech que dispensava favorecimento hídrico e etc e tal. Mas a razão do sucesso de Isaque era que o Senhor o abençoava, e ponto! Anos mais tarde o rei Salomão escreveu nos provérbios, uma verdade universal: A bênção do Senhor é que enriquece; e não traz consigo dores (Pv 10.22). Isso faz coro com todas as verdades exaradas nas Sagradas Escrituras. Podemos até incluir aqui aquela referencia base dos salmos sobre a benção do Senhor para as nossas famílias: Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão de dores, pois assim dá ele aos seus amados o sono (Sl 127.1,2). Concordamos plenamente que Deus não abençoa e nem favorece preguiçosos, inertes e ociosos, mas além da diligencia do homem prudente e sua dedicação, há também o lado sobrenatural que em casos como esse, de Isaque, não pode ser subestimado. Não se trata de barganhas ou misticismo, mas o viver na aliança já é em si, um instrumento poderosíssimo para favorecer quem conhece e desfruta disso. Nós temos uma aliança poderosa e abrangente com Deus, lembra disso? Então….

Senhor, obrigado por ser a nossa fonte de bênção e a maior de todas elas. Queremos continuar crescendo no conhecimento da tua graça, de tal forma que os benefícios de vivermos em aliança contigo, seja a nossa fonte de contentamento e prazer. Em Cristo, tudo que tens está disponível aos teus amados. Em nome dele agradecemos, amém.

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s