Juro Que Esconjuro

Meditação do dia 17/05/2019 

 “Então disse Jacó: Jura-me hoje. E jurou-lhe e vendeu a sua primogenitura a Jacó.(Gn 25.33)

 Juro que Esconjuro – Mesmo em situações mais simples, sabemos o peso que tem um juramento. Mas só pensamos assim porque dentro de nós a um senso de honestidade e valores que impõe sobre nós a necessidade obrigatória de honrar a palavra dada em garantia. Quem jura já consciente de que não pretende honrar seu juramento não pode ser tratado como alguém confiável. Como não separamos a vida em departamentos e espaços separados como espiritualidade, trabalho, família, lazer, compromissos, vida social, mantendo sem conexões uma coisa com a outra, porque entendemos que a integralidade da pessoa e como mordomos de Deus, tudo é sagrado e tudo tem à ver com tudo. Somos o que somos, porque somos o que somos! Mas a religiosidade falsa,  insiste em entranhar na vida de pessoas piedosas e corrompe-las, ou pessoas que deveriam ser piedosas não tomam os devidos cuidados e se misturam com conceitos errôneos e afundam suas vidas em ruínas. O apóstolo Paulo disse algo ao seu discípulo Timóteo, o advertindo que é muito bom para efeito de comparação aqui nesse caso de Jacó e Esaú e na vida cristã que vivemos em comunidades de fé. “Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te” (2 Tm 3.5). Esse texto na versão NTLH diz da seguinte forma: “parecerão ser seguidores da nossa religião, mas com as suas ações negarão o verdadeiro poder dela. Fique longe dessa gente!” A conversa entre os irmãos lá no quintal, parecia ser conversa de gente de bem, pessoas tementes a Deus e comprometidas com a verdade, a justiça e as alianças com Deus. Jacó fez uma proposta de compra de algo que Deus lhe daria pelos meios corretos; Esaú se dispôs a vender algo que não poderia ser tratado assim e demonstrou desprezo por valores que nem fazia questão de entender. Jacó pediu garantias de que ele não voltaria atrás depois e ele jurou de “pés juntos” que estava vendido e entregue; palavra de homem, com juramento diante de Deus. Nós conhecemos o futuro dessa história e sabemos que ele não agiu como alguém que havia vendido sob juramento. Gente, não é porque “parece,” que é verdade! Nem todos os que se apresentam como piedosos, tementes, são de fato, aquela aparência prevalece enquanto os ventos forem favoráveis. Há uma enorme diferença entre APARENCIA DE PIEDADE e a EFICÁCIA DELA.

 

Pai obrigado pela tua verdade e o teu caráter santo, justo e verdadeiro. Em Cristo, sempre podemos confiar. Na tua Palavra sempre podemos nos abrigar, alimentar e encontrar descanso para nossa alma. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s