Jurado de Morte

Meditação do dia 310/05/2019 

 “E foram denunciadas a Rebeca estas palavras de Esaú, seu filho mais velho; e ela mandou chamar a Jacó, seu filho menor, e disse-lhe: Eis que Esaú teu irmão se consola a teu respeito, propondo matar-te.(Gn 27.42)

 Jurado de morte – Tragédias são ruins, mas tragédias em família é mais dramática e mais difícil de prevenir e de solucionar. Rebeca viu os efeitos da sua idéia de ajudar um filho contra o outro. Ela desejava intensamente a bênção para Jacó, e não calculou o problema ou a extensão dele na sua casa. Agora tinha que correr atrás do prejuízo e tentar salvar o máximo que lhe fosse possível. Jacó também deveria estar muito abalado e pensando muito sobre o estrago que conseguira produzir na família toda; agora seus pais tinham mais problemas para resolverem do que antes. Esaú que era apenas relaxado com as verdades espirituais e as tradições da família, agora estava revoltado e disposto a manter a calma até o tempo da morte do pai para então executar a sua vingança contra Jacó. Provavelmente as relações entre Esaú e a mãe estariam bem estremecidas porque sem ela e sua ajuda, Jacó não teria arquitetado aquele projeto. O que quero pensar aqui hoje é nas situações de lares cristãos onde há histórias de desavenças e questões pendentes entre membros. Pais que são piedosos e precisam lidar com relações quebradas entre filhos que se desentenderam no passado e não conseguiram ainda normalizar as relações entre eles. Também temos situações onde a violência fez profundas feridas e onde não tem como reverter o que aconteceu. Em todas as situações teremos que lidar com confissão, perdão, reconciliação, liberação de bênção e sem dúvida intercessão ou mediação de conflitos. Alguém tem que tomar a iniciativa e alguém tem que se dispor a ouvir o outro lado, mesmo que os fatos sejam conhecidos e até as motivações. É muito importante que se tenha esperança e fé no amor de Deus. Não há situação na qual a graça de Deus não posso atuar. Ninguém foi tão fundo ou tão longe que o amor e a bondade de Deus não posso alcançar e restaurar. É bem difícil ter que confrontar pessoas que amamos e nos feriram e produziram sofrimentos; mas como cristãos não temos alternativa, senão perdoar. Peço, que se alguém se identifica, começe por mudar a sua confissão: “não posso perdoar,” “nunca vou perdoar,” “não dou conta, não consigo perdoar!” Não tende fazer isso por suas próprias forças; é difícil, senão impossível; só se consegue pelo poder do Espirito Santo, por obra da graça de Deus. Por isso que disse para mudar a confissão. Passe a confessar o que se crê, o que se deseja, o que a verdade da Palavra de Deus diz. Como a própria Palavra de Deus diz: “Mas ele respondeu: As coisas que são impossíveis aos homens são possíveis a Deus” (Lc 18.27).

 

Pai celestial, no nome de Jesus me ponho em oração de intercessão pela vitória na vida de teus filhos que se encontram com as relações quebradas e seus corações partidos pelas feridas causadas por ações de violência, traição e falta de controle emocional, que culminou em tragédia. Creio no poder do sangue de Jesus que foi derramado lá na cruz para perdoar e purificar os pecados de todos os pecadores e de todas as formas de pecados cometidos. Hoje existe luz do Evangelho nessas famílias e ação do poder de Deus nesses corações; pedimos a quebra dos laços do pecado e do mal que mantém os corações endurecidos e obstinados, se sustentando nas emoções e não na fé. rejeitamos o mal e abraçamos o bem. Aceitamos o amor e o perdão de Deus para todos os envolvidos e clamamos por misericórdia e graça. Que hoje seja o dia aceitável e o tempo da reconciliação e assim saírem de debaixo do jugo de escravidão. Proclamamos libertação no poder do nome de Jesus. Glorificamos aquele que se assenta no trono, por tudo que conquistou com seu sacrifício. Em teu nome Jesus, salva e liberta hoje. Para glória do teu santo nome. Amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s