Meditação do dia 23/06/2019 

 “E eu em paz tornar à casa de meu pai, o Senhor me será por Deus”; (Gn 28.21)

 Quem me será por Deus? – Escolhas, muitas escolhas e é assim que o mundo gira. Não fazer escolha alguma, já é uma escolha. Deixar ou permitir que outros escolham por nós, também é uma escolha. Independente de quais das alternativas a pessoa tomar ou aceitar, ela será responsável por tais escolhas e colherá as consequências como resultado natural daquilo que admitiu como sua preferencia. Para nós, que nascemos num contexto de civilização, informalmente declarados “cristãos,” com pouca variação ou opção de fé para escolher, formou-se um mentalidade da ética e moral judaico-cristão, sem que as pessoas de fato tenham um compromisso com Deus e sua Palavra, e muito menos com sua vontade. Temos religião demais e espiritualidade de menos. Mas hoje, pegaremos um gancho no voto de Jacó, para meditarmos e chegarmos à algum lugar, que esperamos seja uma opção melhor. Para quem gosta de aventuras em trilhas, caminhadas como esporte ou hobby, sabe da importância de um mapa, supondo-se que tal pessoa saiba ler um mapa; sendo assim, não ter mapa nenhum é preferível do que ter um mapa errado. Espiritualmente também precisamos pensar na caminhada da vida, que todos fazem e toda pessoa chegará um dia a um posto de prestação de contas. Jacó, nascera num lar comprometido com Deus, o Altíssimo e seu pai nascera em cumprimento de uma promessa de uma aliança entre Deus e seu avô Abraão. A mãe de Jacó se casou com Isaque, seu pai, numa aventura recheada de intervenções divinas para que os termos da aliança entre Abraão e ele se cumprisse. O próprio Jacó, nascera como resposta de orações do pai e da mãe, e já fora predito que ele prevaleceria contra seu irmão e seria grande e produziria nações e reis. Estamos dizendo, que parece que tudo já estava resolvido e garantido na vida dele, mesmo antes de nascer; ou então que se ele não fizesse nada para mudar, as coisas já seriam boas e bem sucedidas. Mas é claro que não é assim, automático. Nesse encontro espiritual que teve com Deus, ele identificou perfeitamente bem o Deus de seus pais e com quem já tinha algum relacionamento, via sacerdócio paterno, mas agora ele estava estabelecendo o seu próprio relacionamento pessoal. Ele fez um voto em relação à sua segurança na jornada e o desejo de retornar um dia para cumprir seu papel na aliança, sendo o herdeiro legítimo da Terra de Canaã. Contudo ele incluía uma cláusula importante e personalizada no seu acordo com Deus, na qual Esse Deus de Abraão, Isaque, seria também, por vontade pessoal e escolha pessoal, o Deus a quem ele serviria. Ele estava deixando de andar na sombra da fé do pai e avô, para andar com as próprias pernas e levar adiante a aliança divina, não como um fardo ou obrigação recebida dos pais, mas algo que ele queria, assumia e empenhava-se pessoalmente. Anos mais tarde, exatamente já na posse desta terra, Josué, desafiou os descendentes de Jacó: “Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor” (Js 24.15). Porque você serve a Deus? Quem escolheu, você ou outras pessoas? Já nasceu nessa fé? Pense, ore, escolha!

 

Senhor, tu és o meu Deus, fiz essa decisão ainda na minha juventude-adolescencia e confirmo quantas vezes for necessário, que reafirmo a minha disposição de continuar nesse caminho, que Jesus, a verdade e a vida. Obrigado por me guiar em todos esses anos e me possibilitar crescer e te conhecer mais e melhor. Em nome de Jesus, amém.

 

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s