A Hora de Tomar Decisão

Meditação do dia: 29/10/2019

  Então disse Jacó à sua família, e a todos os que com ele estavam: Tirai os deuses estranhos, que há no meio de vós, e purificai-vos, e mudai as vossas vestes. (Gn 35.2)

 A Hora de Tomar Decisão – Foi assustador para todos nós, os jovens da igreja, quando no culto de domingo à noite após uma mensagem evangelística e o apelo convidando quem desejava entregar sua vida a Cristo, e o jovem Valdir levantou a mão e se dirigiu à frente para receber oração. Estávamos pasmos, boquiabertos; provavelmente como eu, ninguém ali já havia presenciado alguém “aceitar Jesus de novo!” Ao sair do templo todos o cercaram de imediato e pediram uma explicação; e ele tranquilamente explicou, que estava entregando sua vida a Jesus como Senhor e Salvador. Mas insistimos, como assim, você já não era convertido a muito tempo? Então veio a surpresa: Não! Disse ele. Eu visitei a igreja e gostei de estar com vocês e fui aceito muito bem e fiquei participando, mas até hoje eu não tinha entregue minha vida a Cristo, e hoje eu fiz isso. Eu me recordei dele chegando a primeira vez na reunião de jovens e ser recebido e convidado a voltar e ele voltou e ficou, se integrou e adotou todos os traços evangélicos da turma, mas não tomara uma decisão pública, ou fizera uma confissão de fé e o tempo passou e deu nisso. Como diz os goianos, “se a gata der cria num forno, nem por isso é biscoito!” Ninguém se torna cristão por frequentar igrejas e templos e exteriormente se amoldar às aparências dos “crentes.” Como participantes da Nova Aliança, e com o sistema evangélico ocidental de determinar quem é crente e quem não é – como se torna crente, e com o passar do tempo, queremos olhar para o Velho Testamento e nivelar as experiências de conversão e novo nascimento, alguma coisa fica faltando ou sobrando e haja explicação! Jacó era convertido? Diríamos que sim, depois daquela experiência em Betel, quando sonhou e Deus falou com ele e fez aquele voto etc. Depois teve a experiência em Peniel, quando ele lutou com o anjo e prevaleceu, tempo seu nome mudado para Israel. Para nós sim, Jacó era homem de Deus. E sua família? Agora, senta que vem história! Eles tinham um conhecimento sobre o Deus Altíssimo, a quem Terá, pai de Abraão e Naor já servia desde Ur dos Caldeus. Vieram para Harã, onde Naor se estabeleceu e Abraão seguiu seu chamado para Canaã. Abraão cresceu no conhecimento de Deus e criou a sua família nessa Aliança. Tudo indica que os Haramitas, parentes de Abraão acabaram por se misturar com os cultos e os rituais politeístas da Mesopotamia, embora não se omitiram da fé original, pois reconheceram a agir de Deus quando o servo de Abraão apareceu lá para buscar uma esposa para Isaque. Depois vemos Labão também demonstrando algum conhecimento, ao mesmo tempo que tinha ídolos do lar e os servia e Raquel os furtou escondido de Jacó e estava levando consigo. O que Jacó fez aqui foi dar um ultimato á sua família, empregados e associados, para que todos abandonassem os deuses estranhos, passar por um ritual de purificação e demonstrar exteriormente essa atitude de conversão, mudando de vestes. O que para nós parece um ritual vazio, tem um significado profundo ao ser praticado pela fé e obediência verdadeira. A fé cristã, ou estilo de vida proposto por Deus nos evangelhos é simples, fácil de ser experimentada e praticada. O problema surge quando vem os rituais religiosos, imponto um peso e um jugo difícil de carregar como Jesus mesmo disse. O cristianismo como uma religião é horrível, confuso, obscuro e altamente carregado de obrigações impossíveis de serem praticadas. O cristianismo não foi projetado por Deus para ser RELIGIÃO, mas sim um RELACIONAMENTO! Deus ama pessoas, Jesus morreu por pessoas, para salvar as pessoas o Pai enviou uma PESSOA e não uma filosofia, religião ou código de conduta. Por isso que o evangelho pregado pelas metades hoje em dia, manda tirar os ídolos de outras religiões e depois coloca os seus próprios, e alguns muito mais perigosos e malignos do que os anteriores da vida das pessoas. Qualquer um que meditar em Ezequiel 8 levando em consideração que na Nova Aliança, o templo somos nós e que é aí que Deus habita, deve levar em conta e bem a sério o que acontece nesses templos. Por falar nisso: Você já se converteu de fato, hoje também?

Senhor, a nossa fé proclama que só há um único Deus verdadeiro, e que só a Ele nós devemos prestar culto. Então precisamos da ajuda do Espírito Santo para compreendermos de coração o que é Deus e o que é culto, para então sabermos diferenciar a presença e o papel dos ídolos e dos deuses falsos ao nosso redor e especialmente dentro de nossas vidas. Pedimos iluminação espiritual profunda e verdadeira daquele que pode nos guiar a toda a verdade, para de fato servirmos ao Deus verdadeiro, o Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra. Jesus, te confessamos como Senhor e Deus nosso Salvador; salva-nos de desviarmos do verdadeiro caminho que é o Senhor mesmo. Em teu nome oramos. Amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s