Uma Túnica Colorida e Manchada

Meditação do dia: 27/11/2019

 “E enviaram a túnica de várias cores, mandando levá-la a seu pai, e disseram: Temos achado esta túnica; conhece agora se esta será ou não a túnica de teu filho.” (Gn 37.32)

Uma Túnica Colorida e Manchada – “Foi encontrada uma túnica de várias cores, manchada de sangue e rasgada como se a vítima fora atacada por animais selvagens. Uns pastores de ovelhas a encontraram no campo e a reconheceram como sendo de um de seus irmãos. A Peça foi enviada ao pai do garoto chamado José, de 17 anos, que saíra de casa a mando do pai para encontrar os irmãos que pastoreavam longe de casa e deveria trazer notícias deles e do rebanho.” Qualquer semelhança com uma manchete de jornal ou telejornal atual, não é mera coincidência. Algumas noticias de tragédias são dadas quase que desde o princípio da sociedade humana. Violencia e violência doméstica, agressões com vítimas fatais, cometidos por parentes e pessoas próximas da vítima. Quase sempre as pessoas imaginam que coisas ruins e tragédias acontecem em qualquer lugar e com qualquer pessoa, menos com elas. Até que se torna vítima ou alguém de sua familiaridade entra para as estatísticas. Nós, como cristãos, estamos meditando na Palavra de Deus, com o propósito de edificação espiritual e aprender os caminhos da vida que acreditamos ser o ideal de Deus para uma sociedade saudável e de pessoas construtivas. Somos pacíficos e certamente temos um baixo índice de criminalidade e violência entre nós, mas não somos ilhas, estamos rodeados de uma sociedade com outros níveis de valores e até mesmo familiares nossos não são comprometidos com uma vida cristã plena e estão expostos aos mesmos riscos que os demais de fora dos nossos círculos de convivência. Por outro lado, precisamos, ao meditar e estudar os fatos da Palavra de Deus, vermos que eles tratam de verdades vividas por pessoas piedosas, que andavam com Deus e buscavam uma comunhão intensa e tinham propósitos ministeriais a cumprirem e mesmo assim, isso aconteceu com eles. Jacó era um pai cuidadoso com a educação dos filhos, pois sua fé em Jeová e na Aliança de Bênçãos estabelecidas duas gerações anteriores com seu avô Abraão e seu pai Isaque, lhe conferia um papel de ser abençoador de famílias e gerações. Seus filhos, tinham conflitos próprios de irmãos, tinham rivalidades entre si por questões de posição no clã e por serem de mães diferentes, se agregavam em nichos de afinidades e interesses. O pai mostrava apreço maior por José e ainda cuidava de um bebê que ficara órfão de mãe. Os sonhos de José, que parecia indicar primazia sobre os demais irritava os irmãos, mas ninguém pensaria em extrema violência. Muita coisa que uma pessoa não é capaz de fazer sozinho, ele o faz em companhia de outros com índole má o suficiente para instigar. Todos eles concordaram em matar José, exceto o mais velho, Ruben, que concordou em jogá-lo na cova para ganhar tempo e depois devolvê-lo ao pai; mas um segundo plano surgiu sem a sua presença e ele foi traído pelos outros. Como diz a verdade bíblica: Um abismo chama outro abismo, ao ruído das tuas catadupas (Sl 42.7). Um erro traz outro e assim para cobrir um se faz mais um e vai sucedendo erros e crimes cada vez mais graves. Quantas mentiras ainda estão sendo guardadas em famílias! Quantos erros danosos ficaram acobertados e os danos e prejuízos tem passado de uma geração para outra sem a confissão, o arrependimento e o tratamento! Igrejas e ministérios tem sofrido por segredos de pecados cabeludos e para manter a imagem e a reputação, vidas são sendo destroçados ao longo do caminho. Quantas túnicas coloridas não continuam sendo devolvidas para ver se é reconhecida, mas é tudo armação premeditada! As evidencias apontam para feras selvagens que despedaçam josés pelos campos da vida. Mas sabemos que um dia a verdade vai aparecer! Então não ajude a perpetuar mentiras, enganos, crimes e pecados. Uma verdade muito importante: um fato que é conhecido por alguém, não é necessário Deus revelar, é responsabilidade de quem sabe dos fatos.

Senhor, tem misericórdia de nós e nos guie pelos caminhos eternos. A verdade sempre irá prevalecer sobre o erro e a mentira; a graça do Senhor há de fortalecer a tua igreja para andar na luz e ter comunhão contigo e uns com os outros, para que o testemunho do Evangelho transforme vidas e reconcilie pessoas separados pelos erros e pecados cometidos na ignorância. Clamamos pela cobertura do sangue de Jesus, para estarmos cobertos, protegidos, mas também perdoados e purificados. Em nome de Jesus, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s