Jacó e Israel

Meditação do dia: 23/01/2020

 “Ajuntai-vos, e ouvi, filhos de Jacó; e ouvi a Israel vosso pai.” (Gn 49.2)

Jacó e Israel – Convocação é a primeira ideia do texto em apreço. Um pai fazendo um apelo aos filhos para ouvirem as instruções que ele lhes daria. Isso tudo é muito natural nas famílias. Aqui, estamos observando uma família, que na linguagem da galera de hoje é uma legítima ‘família raíz.’ Desde que iniciamos a ler a Bíblia, sempre vem aquela adaptação ao estilo literário da Palavra de Deus; que possui um estilo próprio e os leitores dela são até fáceis de identificar por palavras que passam a utilizar no cotidiano, que denuncia que aquela pessoa é leitora ou ouvinte das Sagradas Escrituras. Uma dessas características básicas, é a forma de linguagem que utiliza muito a repetição de termos para reafirmar uma verdade. Isso é clássico da literatura oriental antiga. Quantas vezes deparamos com Jesus dizendo: “em verdade em verdade vos digo…” (o que equivale ao nosso “verdadeiramente, ou de verdade, ao ainda, verdade absoluta.”) Aqui aparece a pessoa do pai, repetido como ênfase e dar um peso maior na fonte das informações a serem ouvidas. Nosso pai Jacó, teve esse nome alterado, ou substituído por Israel e foi Deus que o fez, em demonstração de uma adequação da pessoa que batalhou muito e transformou a sua realidade interior a um tal ponto que passou a vigorar na realidade exterior. Quando ele nasceu, veio agarrado ao calcanhar de seu irmão gêmeo, Esaú; os pais entenderam que ele já nascera com uma marca forte e distintiva, de fazer o menor esforço para obter resultados, já que veio no vácuo do irmão e agarrado ao seu calcanhar, não faria tanto esforço, só pegando uma carona para não chegar tão cansado. Isso foi visto como trapaça, engano e essa é a origem do seu nome. Jacó carregou esse estigma por muito tempo e até fez jus a isso, o próprio irmão citou isso numa situação de desavença entre eles: E ele disse: Veio teu irmão com sutileza, e tomou a tua bênção. Então disse ele: Não é o seu nome justamente Jacó, tanto que já duas vezes me enganou? A minha primogenitura me tomou, e eis que agora me tomou a minha bênção. E perguntou: Não reservaste, pois, para mim nenhuma bênção? (Gn 27.35,36). Ele teve um encontro com Deus que mudou sua vida e desenvolveu um novo caráter e se tornou uma pessoa digna da aliança que havia entre Deus e seus ancestrais. Naquela longa noite nas margens do ribeiro de Jaboque, ele enfrentou a sim mesmo e aos seus “fantasmas interiores,” ao lutar com um anjo de Deus e prevalecer, não por ser mais forte, hábil ou estrategista, mas por perseverar e prevalecer por uma questão de identidade e propósito de vida. E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse: Jacó. Então disse: Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste (Gn 32.27,28). De trapaceiro para Príncipe de Deus! Em algum lugar da vida dele, houve um encontro transformador com Deus, sua vida foi mudada e ele foi salvo. Ali começa uma nova história. Isso precisa acontece com todos nós; cada um de nós! foi assim que no dia da despedida, ele chamou os filhos e disse: “Ajuntai-vos, e ouvi, filhos de Jacó; e ouvi a Israel vosso pai.” Os filhos são biológicos, mas a bênção e a herança já serão espirituais. Um pai humano, tem uma herança humana, física e material para passar aos seus herdeiros; mas uma pessoa espiritual tem uma herança espiritual para ser o legado à seus filhos para continuidade dos propósitos eternos de Deus para cada um.

Senhor, agradecemos a obra poderosa da redenção que há em Cristo Jesus. Ali na cruz do Calvário foi consumada a realização maior em favor da raça humana perdida e sem rumo, até que o teu amor nos alcançou em Cristo Jesus. Somos novas criaturas e assim as coisas velhas ficaram para trás e tudo se fez novo. Bendito seja o poder salvador do que Cristo fez. Em nome dele oramos, amém.

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s