O Cetro e o Legislador

Meditação do dia: 28/01/2020

 “O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até que venha Siló; e a ele se congregarão os povos.” (Gn 49.10)

O Cetro e o Legislador – Teologicamente essa doutrina da pessoa de Cristo é mui facilmente assimilada, pois a fé Cristã e os ensinos da igreja desde o início sempre defenderam a divindade de Cristo e sua real humanidade como descendente de Davi, o rei segundo o coração de Deus. Devocionalmente, amamos as lições e o aprendizado prático em termos de alimento para nossa alma e espírito, que a Palavra de Deus pode proporcionar. Aqueles homens ali reunidos ao lado do leito do pai, ouvindo instruções e acolhendo aquilo como determinante para suas vidas e um futuro de esperança. Podemos olhar isso de um ponto de vista totalmente nosso, humano, de pessoas que vivem, sentem, amam, sofrem e esperam por algo que só a fé pode produzir nos seus corações, porque o futuro parece mudar de cara toda vez que olhamos para ele; quando exercitamos nossa imaginação e tentamos antecipar o que será, o que seremos a uns anos na frente, raramente acertamos, porque exercitar a futurologia não é fácil. Se para mim, e para nós, tantos séculos depois, com novas descobertas, invenções, tecnologias e esclarecimentos, ainda nos sentimos um tanto inseguro, imaginemos aqueles filhos de Israel. Mui provavelmente, ao ouvir a sua parte, cada um deles se punha a pensar, refletir sobre o que é que meu pai quer dizer com isso? Se José olhasse para trás, quando tinha dezessete anos, morando em casa com os pais e irmãos e começou a sonhar que a lua e as estrelas, não todas, mas doze, se curvavam diante dele; ou estando na roça colhendo trigo e os feixes dos demais e do pai se curvavam diante do dele, o que foi que ele entendeu? Parece que foi o mesmo que o pai e os irmãos – que ele viria a se destacar e alcançar uma posição de liderança sobre os demais. Os irmãos ficaram zangados, o pai ficou pensativo e pediu para ele ir mais devagar, porque o seu sonho contrariava as normas, pois os pais não se curvavam para os filhos, e sim o contrário. O tempo se encarregou de colocar as coisas no lugar; José se tornou o homem forte do Egito e só faraó se colocava acima dele e todos os demais se curvavam perante ele, e os seus próprios irmãos vieram a fazer isso e com muito respeito. Aqui está Israel dizendo para Judá, que o Cetro não se arredaria dele, nem o legislador… o mistério da fé parece ser a fé em mistérios. Nada daquilo era necessariamente para os seus dias, então não teriam nem como se esforçar por produzir tais resultados. Com o passar dos anos, e estamos falando de séculos, tudo foi se conformando às palavras de Israel e de Deus, obviamente, que estava escrevendo aquela história. Todos vieram a saber que o Cetro, se referia ao governo da Nação, sob as mãos de Davi, e que passava o trono e o cetro para gerações até que o Cristo viesse e assentasse no trono para sempre e assim o Cetro que governa eternamente seria reconhecido. Achei a Davi, meu servo; com santo óleo o ungi, E conservarei para sempre a sua semente, e o seu trono como os dias do céu. A sua semente durará para sempre, e o seu trono, como o sol diante de mim.
Será estabelecido para sempre como a lua e como uma testemunha fiel no céu
(Sl 89.20,29,36,37). A lição importante para nós hoje, é que fazer a vontade de Deus, andando na fé e na obediência é o melhor caminho para o sucesso em tudo que empreendemos. Os planos do Senhor vão muito além da nossa limitada vida física aqui na terra e precisamos entender isso, para construirmos para a eternidade e não somente para o tempo que nós mesmos podemos desfrutar. Isso também foi um conselho do mais famoso descendente de Judá: Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração (Mt 6.19-21).

Senhor, graças te rendemos por começarmos mais um dia, e a tua bênção estar sobre nós. Te conhecer é uma jornada desafiadora e maravilhosa, porque só por tua própria revelação isso é possível. Jesus é a melhor e a mais completa revelação de Deus a nós; abençoado seja o dia de hoje, quando poderemos caminhar em tua presença e com a ajuda do Espírito Santo alcançarmos novos entendimentos e assim nos aproximar mais de ti. Obrigado, Pai, em nome de Jesus, amém.

Gosto muito dessa música com a Amy Grant e Michael Smith https://youtu.be/CSZlIVP9u0Y

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s