Ajudado e Abençoado

Meditação do dia: 06/02/2020

 Pelo Deus de teu pai, o qual te ajudará, e pelo Todo-Poderoso, o qual te abençoará com bênçãos dos altos céus, com bênçãos do abismo que está embaixo, com bênçãos dos seios e da madre. (Gn 49.25)

Ajudado e Abençoado – Muitos filhos atribuem aos pais a responsabilidade por suas vidas, no sentido negativo, dizendo que não pediram para nascer, portanto não tem obrigações à cumprirem. Outros atraem para si qualquer possibilidade de sucesso e aos pais todas as mazelas e desgraças que lhes acontecem. Tudo isso são péssimas situações que não servem de parâmetro para referendar ninguém e nem servir de modelo. Mui provavelmente eles não nasceram com defeito de fábrica, mas foram alijados do verdadeiro sentido da vida, pelos próprios pais e familiares ao serem criados sem as disciplinas básicas e nota-se que amor e respeito não fazem parte de suas rotinas de vida. Não dar responsabilidades para os filhos porque são tão pequenos, e sobrecarregar os próprios pais para dar-lhes “tudo que não tivemos” é uma perfeita combinação de receita para o fracasso. Em cada fase de vida e de idade há oportunidades de ensinar responsabilidades, participação, colaboração e desenvolver disciplinas que serão muito úteis nas próprias etapas. Pais orgulhosos do sucesso dos filhos, construíram isso ao longo de toda a vida e não foi sorte ou o acaso que produziu as qualidades que os levaram a serem bem sucedidos. Israel está muito orgulhoso de abençoar seus filhos e dedicar uma citação pessoal a cada um deles nominalmente. José mereceu dele palavras elogiosas, porque de fato ele se destacou de forma muito acima da média dos demais. Foi lhe conferido bênçãos sem medidas em todas as instancias de sua vida, invocadas no nome do Todo Poderoso Deus, que o ajudaria de todas as formas, eles atribuíam bênçãos dos altos céus, como aquele favor divino que providencia tempos prósperos de chuvas, sol, frio e calor em medidas favoráveis aos ciclos de vida e trabalho no campo e demais atividades produtivas. A mesma idéia é contida nas bênçãos do abismo, que nada mais é senão os favores que a terra e seus tesouros interiores produzem, como nascentes de águas e riquezas minerais que lhes favorecessem. Mas também Israel proferiu sobre ele as bênçãos dos seios e das madres, que corresponde a bênção da frutificação e multiplicação atribuídas a um povo abençoado com nascimentos e criação de filhos de forma saudável e generosa. Abraão e Sara lutaram muito em oração e fé para chegarem aos nascimento de Isaque; o mesmo aconteceu com o próprio Isaque que batalhou em oração até o nascimento dos gêmeos, Esaú e Jacó. Mesmo ele que teve duas esposas, também tiveram que enfrentar a esterilidade, ainda que momentânea. Lia teve seis filhos e Raquel apenas dois; assim quatro dos doze vieram por meio de medidas de recursos do concubinato para contornar a impossibilidade de gerarem mais filhos. Precisamos abençoar e buscar as bênçãos da fertilidade e do crescimento de descendentes, porque o favor e as promessas de Deus para nós, deve passar de nós para as próximas gerações e elas devem fazer o mesmo. A cultura dos nossos dias incentiva a não natalidade por razões egoísticas e de temores infundados sobre valores como educação e boa condição de vida a ser dadas aos filhos. Amados, os tempos são de fato difíceis, os recursos estão escassos, o futuro não parece promissor e os tempos parecem não serem os melhores para se colocar filhos no mundo. Mas esses “fatos” não podem anular a bênção e a aliança de Deus com o seu povo; também não pode tirar os nossos olhos de Deus que é o provedor e sustentador de todas as coisas, incluindo nossas vidas e famílias. O mais importante: Quem está no trono é Jesus – e estará para sempre! Nossa fé e nossa esperança está nele e nas suas promessas. Devemos sim, desejar e trabalhar por essas bênçãos continuarem sobre o povo de Deus.

Pai, abençoa os teus filhos e dá o entendimento necessário de que o Senhor é suficiente para cumprir as promessas e que o teu Reino pertence à vencedores, que lutaram e venceram o sistema do mundo e do mal. Para herdar as bênçãos, haverá filhos e de geração em geração eles contarão com a provisão poderosa de Deus. Podemos abençoá-los em nome do Deus de seus pais, que somos nós e temos experiências do teu cuidado, amor e proteção. Sempre haverá tempos difíceis, mas sempre haverá milagres, ações sobrenaturais e o bem sempre prevalecerá sobre o mal; em nome de Jesus, amém..

Pr Jason

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s